NYTimes se desculpa por carta falsa | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito
Sábado, 18 de Agosto de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1000
Menu

ENTRE ASPAS > TELETIPO

NYTimes se desculpa por carta falsa

29/12/2008 na edição 518

O New York Times se desculpou pela publicação, em 22/12, de uma carta falsa. A mensagem, que trazia a assinatura do prefeito de Paris, Bertrand Delanoë, criticava duramente a possível indicação de Caroline Kennedy para a cadeira de Hillary Clinton no Senado. ‘Esta carta era falsa. Não deveria ter sido publicada’, declarou o jornalão, em uma nota do editor. ‘Já expressamos nossas desculpas ao gabinete do senhor Delanoë e agora fazemos o mesmo com vocês, nossos leitores’. A mensagem chegou por e-mail e, como procedimento padrão, foi enviada uma versão editada da carta ao remetente, sem resposta. ‘Neste ponto, deveríamos ter entrado em contato com o gabinete do senhor Delanoë para verificar se eles haviam, de fato, nos enviado o e-mail’. Isso não foi feito, e a carta, intitulada ‘Kennedy, vista de Paris’, foi publicada. ‘Estamos revisando nossos procedimentos para a verificação de cartas para evitar tais incidentes no futuro’. A carta falsa, em inglês, pode ser vista aqui. Informações do New York Times [22/12/08].

Diante de mudanças, editor deixa site do Post

Jim Brady, editor-executivo do site do Washington Post, deixará o cargo depois de quatro anos. A saída ocorre em conseqüência de uma série de mudanças implementadas pelo diário para ‘se adaptar à era digital’. O Post irá integrar completamente as redações do site e da versão impressa, que até alguns meses atrás funcionavam em unidades separadas. Hoje, elas foram unidas sob o nome Washington Post Media, e são dirigidas pela publisher Katharine Weymouth. Katharine nomeou Marcus Brauchli, ex-editor do Wall Street Journal, editor-executivo do Post, com responsabilidade sobre o jornal e o site. Esta mudança reduziu o cargo de Brady, que acabou não ficando satisfeito com seu novo papel e, depois de algum tempo de experiência, decidiu deixar o jornal em janeiro de 2009. Informações de Zachary A. Goldfarb [Washington Post, 23/12/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem