Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

ENTRE ASPAS > INTERNET

O Brasil é um mercado a ser explorado

04/03/2011 na edição 631


Folha de S. Paulo, 2/3


Eric Schmidt


O Brasil representa um mercado a ser explorado


Quando observo a economia global, apesar de todos os desafios, há duas áreas que me tornam otimista.


Uma delas é a internet, que prosperou durante a recessão, criando empregos e proporcionando uma ajuda vital às empresas.


Outra fonte de confiança é o incrível surgimento do Brasil como um participante forte e vibrante na economia mundial. Isso não passou despercebido pelo Google -muito pelo contrário.


O mais interessante, contudo, é que acredito que ambos os fenômenos estão intimamente relacionados.


Fato: o Brasil é o maior mercado on-line da América Latina e um dos que mais crescem no mundo. Fato: a resistência durante a crise foi notável.


Some as duas coisas e não pode haver dúvidas: o Brasil representa uma força global crescente. Seus investimentos proporcionarão uma enorme fonte de energia que levará esta nação até onde seus cidadãos decidirem ir.


O Google tem grandes planos para o Brasil. Durante os próximos 12 meses, pretendemos aumentar o número de funcionários na subsidiária brasileira em 50%.


Estamos contratando novos talentos em todas as áreas: para nosso centro de pesquisa e desenvolvimento em Belo Horizonte -um dos mais avançados do mundo- e para a equipe de vendas e operações em São Paulo.


Por que estamos tão comprometidos com o Brasil? A missão do Google é auxiliar as pessoas a ter acesso à informação e assim melhorar suas vidas.


A ampla disponibilidade de conexão à internet em alta velocidade é essencial para que o potencial da rede mundial esteja disponível a todos.


Nos últimos cinco anos, o número de brasileiros on-line mais que duplicou, chegando a 80 milhões de usuários -e deve crescer outros 10% neste ano.


Conforme o poder de computação se torna móvel e cresce o uso de celulares e smartphones, o acesso à internet deve se tornar tão difundido e corriqueiro como o acesso ao telefone.


Aliás, o Brasil já é um líder nessa área: em 2010, o país superou a marca de 200 milhões de aparelhos celulares em uso, o que corresponde a ligeiramente mais do que toda a sua população.


Ao democratizar o acesso à informação, a internet opera como um motor do crescimento e da inovação. Uma vez que as empresas e os consumidores estejam on-line, novas conexões são feitas e novas economias de escala podem ser alcançadas.


A rápida troca de informações e ideias cria as condições certas para descobertas. Por isso temos de incentivar todos a utilizar a internet.


Dos 90 milhões de pequenas empresas no mundo, apenas 25% possuem um website. No Brasil, segundo o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), apenas 20% dos 5 milhões de pequenas empresas estão on-line. Há aqui um enorme potencial inexplorado, sem dúvida.


Conforme o Brasil cresce, seus cidadãos e empresas continuarão abraçando o uso da internet e as novas tecnologias de smartphones, tornando este um lugar natural para a expansão dos investimentos do Google.


Somando o potencial da internet e o excepcional momento do Brasil, resta-me concluir que o futuro deste país será tão grande quanto sua imaginação permitir e desejamos estar aqui para ajudá-lo a concretizar todo seu incrível potencial.


ERIC SCHMIDT é presidente-executivo e chairman mundial do Google.


Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem