Domingo, 19 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

MONITOR DA IMPRENSA > EUA

O declínio dos reality shows

23/11/2004 na edição 304

As redes de TV americanas estão enfrentando uma crescente queda na audiência dos reality shows, o que mostra que a atração pelo formato tem limite. O sucesso de programas como Survivor e American Idol levou outras emissoras dos EUA a investirem em reality shows.

Agora que o sucesso parece estar se esgotando, as redes enceram programas já iniciados. A Fox, que chegou a dedicar 60% de sua programação a reality shows, testemunhou o tropeço de três de seus programas: The Next Champ, My Big Fat Obnoxious Boss e The Rebel Billionaire. Ainda assim, a emissora aposta no sucesso da quarta edição do American Idol, que será lançada em janeiro.

Segundo Steve Gorman [Reuters, 15/11/04], também tiveram experiências ruins no ramo a NBC, com Last Comic Standing e Fear Factor; e a ABC, com The Benefactor e The Bachelor. No caso de Benefactor, a emissora chegou a encurtar a duração do programa, condensando os quatro últimos capítulos em apenas um.

Contudo, não foram todos os reality shows que apresentaram queda de audiência. Os programas Survivor: Vanuatu, da CBS, e Extreme Makeover: Home Edition, da ABC, estão na lista dos 10 mais assistidos entre os espectadores de 18 a 49 anos, grupo mais visado pelos anunciantes.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem