Domingo, 21 de Abril de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1033
Menu

ENTRE ASPAS >

O Estado de S. Paulo

21/04/2009 na edição 534

GOVERNO
O Estado de S. Paulo

Lula imita estratégia de Obama e busca espaço no mundo virtual

‘A exemplo do que vem ocorrendo na gestão do americano Barack Obama, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ganhará um blog e terá sua gestão divulgada por ferramentas interativas da internet. A ideia faz parte de um projeto piloto, já em estudo no Palácio do Planalto, de criação de um Núcleo de Relacionamento Digital, cujo objetivo é usar novas mídias, como blogs, sites de relacionamento e o Twitter (microblog em que os internautas contam o que estão fazendo).

Com o nome provisório Blog do Planalto, a iniciativa é resultado de um desejo manifestado pelo presidente em 2008, quando ele se impressionou com o papel da internet na eleição presidencial americana e na própria administração de Obama, que recentemente usou a rede para defender sua proposta orçamentária em bate-papo com mais de 60 mil internautas.

Auxiliares de Lula já dizem que o novo site será ‘igual ao da Casa Branca’. A ideia é dar um caráter menos sisudo às notícias do Executivo. ‘Será uma coisa mais ágil: sai o terno e gravata e entra a bermuda e a sandália’, resumiu um ministro. Às vésperas do ano eleitoral de 2010, o blog reforçará a estratégia de comunicação digital do Planalto a partir do segundo semestre, quando também haverá a reformulação dos portais do governo.

O projeto faz parte de um conjunto de iniciativas, algumas já postas em prática, que visam a melhorar a comunicação do governo – entre elas, o aumento no número de entrevistas de Lula e a criação de um núcleo voltado para a imprensa regional. Os números obtidos pelo Ministério da Cultura, que criou um blog para discutir as alterações na Lei Rouanet, têm servido de exemplo: em seis meses, foram 70 mil visitantes.

Técnicos da Presidência já conversaram com profissionais do Google para saber como seria um eventual uso do YouTube. A ideia é que o blog tenha vídeos também.

A Presidência pretende criar ainda um perfil no Twitter – iniciativa que o Estado de São Paulo, governado pelo tucano José Serra, um dos pré-candidatos à sucessão presidencial, lançou neste ano. Em fevereiro, o Planalto entrou em contato com um internauta mineiro que havia criado um perfil falso da Presidência que continha 600 seguidores. Com a senha e o login cedidos pelo internauta, assessores analisaram o perfil e o usaram como fonte de inspiração para o projeto.

O diagnóstico do Planalto é que os portais da Presidência e dos ministérios, hoje, ‘não conversam entre si’ nem orientam o cidadão para os serviços do Estado. O primeiro passo do governo foi a contratação da empresa TV1 para fazer o novo desenho dos portais oficiais.

Na campanha eleitoral de 2006, o PT criou uma rede com mais de 130 mil internautas entusiastas da reeleição de Lula. A maior parte dos contatos, no entanto, se perdeu. O governo nega que a iniciativa de reformular os portais e de criar o Blog do Planalto, às vésperas da campanha presidencial da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, tenha como foco os dividendos político-eleitorais da internet.’

 

INTERNET
Reuters

Criadores do Pirate Bay são condenados à prisão

‘Quatro homens acusados de serem responsáveis pelo Pirate Bay, um dos maiores sites de trocas de arquivos do mundo, foram condenados ontem na Suécia à pena de um ano de prisão. Eles foram acusados de violação de direitos autorais e deverão pagar um indenização de 30 milhões de coroas suecas (US$ 3,58 milhões).

Analistas disseram que a decisão do tribunal pode ser o primeiro passo para ajudar as empresas de música e filmes a recuperarem milhões de dólares em receita perdida para sites de troca de arquivos, ainda que analistas afirmem duvidar que isso venha a deter a maré de downloads ilegais.

‘O tribunal distrital de Estocolmo considerou culpados os quatro indivíduos acusados de cumplicidade na violação de leis de direitos autorais’, anunciou o Judiciário sueco, em comunicado. ‘O tribunal sentenciou cada um deles a um ano de prisão.’

Empresas como a Warner Bros., MGM, Columbia Pictures, 20th Century Fox Films, Sony BMG, Universal e EMI também estavam apelando por indenização de mais de 100 milhões de coroas (US$ 12 milhões) para recuperar receitas perdidas.

Os homens ligados ao Pirate Bay – Peter Sunde, Gottfrid Svartholm Warg, Fredrik Neij e Carl Lundstrom – foram acusados no ano passado pela promotoria sueca de conspiração para violar as leis de direitos autorais e delitos correlatos. Eles negaram as acusações.

Per Samuelson, advogado de Lundstrom, disse a jornalistas que está chocado com o veredicto de culpa e com a severidade da sentença: ‘Isso é ultrajante, em minha opinião. É claro que apelaremos. Essa é a primeira e não a última palavra. A última será nossa.’

O grupo que controla o Pirate Bay, lançado em 2003, sustenta que não há material protegido por direitos autorais armazenado em seus servidores, e que não acontecem trocas de arquivos neles, o que implica que o site não poderia ser responsabilizado pelo material que esteja sendo trocado.

Mensagem publicada no site do Pirate Bay chama de ‘louca’ a decisão da Justiça. ‘Como em todos os bons filmes, os heróis perdem no começo mas têm uma vitória épica no final de alguma forma. Essa é a única coisa que Hollywood já nos ensinou.’

A promotoria alegou que, ao financiar, promover e administrar o site, os quatro acusados incentivam a violação dos direitos de propriedade cometidas pelos usuários do site. Os especialistas no setor não estavam convencidos de que o veredicto terá efeito duradouro.

‘Sempre que você se livra de um, aparece outro maior. O Napster sumiu e apareceram muitos outros. O problema da troca de arquivos está crescendo ano após ano, e é cada vez mais difícil para o setor fazer alguma coisa’, afirmou Mark Mulligan, analista da Forrester.’

 

O Estado de S. Paulo

Microsoft e Yahoo perto de acordo em buscas

‘Depois de uma oferta de compra não aceita no ano passado, Microsoft e Yahoo estão agora perto de fechar uma parceria para buscas na internet. Segundo analistas, utilizar os ativos de busca do Yahoo é a maior esperança da Microsoft para reverter a situação de seus deficitários negócios online e para desafiar a posição dominante do Google nessa área.’

 

TELEVISÃO
Keila Jimenez

TV quer stand up

‘Preguiçosa por natureza, a TV resolveu beber de uma fonte farta na descoberta de novos talentos: a turma que faz comédia stand up. Depois que o CQC, da Band, apostou nesse nicho, jogando em rede nacional nomes como Rafinha Bastos, Danilo Gentili e Oscar Filho, todas as emissoras buscam sua lasquinha entre esses humoristas de palco.

Adriane Galisteu foi atrás do seu. Contratou Marcelo Marrom, integrante do grupo Deznecessários, para fazer um quadro de humor fixo em sua nova atração na Band, o Toda Sexta.

O mesmo grupo foi sondado por Silvio Santos, que busca um novo formato de humor para o SBT. Eles também fornecem, atualmente, reforço para equipe do Pânico na TV!: Eduardo Sterblitch (César Polvilho).

Dani Calabresa, recente aquisição da MTV, também saiu desse tipo de comédia.

Já Carlos Alberto e Vinicius Vieira, que vivem os personagens Mendigo e Gluglu, respectivamente, têm circulado entre espetáculos de stand up atrás de novos talentos.

A dupla, que deve renovar em breve contrato com a Record, tenta emplacar um formato solo na emissora.’

 

******************

Clique nos links abaixo para acessar os textos do final de semana selecionados para a seção Entre Aspas.

Folha de S. Paulo

Folha de S. Paulo

O Estado de S. Paulo

O Estado de S. Paulo

Comunique-se

Carta Capital

Agência Carta Maior

Veja

Tiago Dória Weblog

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem