Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº959

MONITOR DA IMPRENSA > EUA

Organização divulga gastos do Congresso com mídia

27/07/2010 na edição 600

O Congresso americano gasta US$ 1,2 milhão por mês em veículos de comunicação e pesquisa. A organização independente Sunlight Foundation usou os relatórios trimestrais dos gastos internos do Congresso para criar um banco de dados de transparência: são, por exemplo, US$ 604 mil mensais em garrafas d’água.

Entre os jornais, descobriu-se que 170 legisladores democratas e 123 republicanos assinam o Washington Post – em um total de US$ 78 mil. Em relação ao New York Times, são 111 democratas, contra apenas 29 republicanos – US$ 93 mil. Vinte e um legisladores assinam o conservador Washington Times – apenas um deles é democrata.

Revista em baixa

Os gastos são bem mais baixos com as revistas semanais de notícias. Os legisladores gastam apenas US$ 741 com a Time e US$ 987 com a Newsweek por mês. A publicação mais popular no Congresso parece ser a britânica Economist: pouco mais de US$ 13 mil em assinaturas.

Jornais locais como o Boston Globe e o Los Angeles Times têm penetração mais baixa – entre US$ 2 mil e US$ 4 mil. Pouco mais de 30 jornais contam mais de US$ 1 mil em assinaturas, cada. A parte no mínimo estranha é que dois jornais pouco conhecidos, uma publicação política regional do Arizona – o Arizona Capitol Times – e um diário financeiro relativamente obscuro no país – o American Banker – acumulam, respectivamente, US$ 7 mil e e US$ 18 mil em assinaturas, ficando entre os 10 jornais mais lidos pelos legisladores e seus assessores.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem