Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1005
Menu

ENTRE ASPAS > INDONÉSIA

Organizações defendem Time contra decisão da Suprema Corte

06/08/2008 na edição 497

A Suprema Corte da Indonésia, segundo um grupo de mais de 20 organizações de mídia e de direitos humanos, deveria reverter a sentença de um trilhão de rúpias contra a revista Time e a favor do ex-presidente Suharto. Para muitos, este caso irá testar o sistema legal independente e a liberdade de discurso na Indonésia.


O pedido oficial de revisão da sentença pelo grupo de organizações afirma que o caso poderia deter investimento estrangeiro. ‘O julgamento contra a Time é tão errado que muitos envolvidos em negócios internacionais questionam o compromisso da Indonésia com a transparência e a regra vigente por lei’, disse o advogado da revista, Defrizal Djamaris, em comunicado. Entre as organizações que estão do lado da Time, incluem-se The New York Times, The Economist, a Human Rights Watch e o Conselho de Imprensa Indonésio.


Segundo reportagem de Olivia Rondonuwu [Reuters, 2/8/08], a Time publicou em 1999 uma reportagem de capa sobre Suharto alegando que ele e sua família embolsaram uma fortuna de cerca de US$ 15 bilhões. Suharto ficou à frente da Indonésia por mais de três décadas até ser retirado do poder em 1998 em meio a uma crise financeira e econômica.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem