Domingo, 22 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº962

MONITOR DA IMPRENSA > EXCESSO DE MEDIAÇÕES

Organizações dos EUA pedem mais acesso ao governo Obama

Por lgarcia em 15/07/2014 na edição 807

Tradução: Fernanda Lizardo, edição de Leticia Nunes. Com informações de John Eggerton [“Journalists Accuse White House of Politically-Driven Suppression of News”, Broadcasting&Cable, 8/7/14]; e da Society of Professional Journalists [“38 journalism groups urge president to stop excessive, controls on public information, 8/7/14].

Trinta e oito organizações jornalísticas dos EUA enviaram uma carta coletiva ao presidente Barack Obama, em 8/7, para pedir mudanças nas políticas das agências federais americanas, sob a alegação de que elas têm dificultado a divulgação de informações importantes para o público devido ao excesso de mediações.

O envio do pedido marca mais um episódio de tensão entre a imprensa e a administração Obama, que ultimamente tem limitado a cobertura de eventos ligados ao governo, restringindo a divulgação de informações a seus canais oficiais.

Atrasos e boicote

A carta descreve alguns exemplos específicos do controle excessivo de informação:

** A blindagem de determinadas figuras do governo, que muitas vezes nem mesmo tomam conhecimento das solicitações de entrevista

** Os atrasos excessivos para responder aos pedidos de entrevista, prejudicando o deadline dos jornalistas

** A recusa em dar declarações oficialmente, reservando o fornecimento de informações a conversas em off

** O boicote a jornalistas que criticam o governo abertamente

David Cuillier, presidente da Society of Professional Journalists (SPJ, Sociedade de Jornalistas Profissionais), queixa-se do fato de o presidente Obama não se comprometer à política de transparência que diz adotar. A organização tem incentivado os profissionais da imprensa a entrar em contato diretamente com a Casa Branca através do site oficial para questionar o assunto. E também se dispõe a passar mais informações aos jornalistas interessados (para assinar a newsletter, basta enviar um e-mail para kfoxhall@verizon.net).

***

Leia também

Leia a carta da SPJ na íntegra (em inglês)

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem