Domingo, 26 de Maio de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1038
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Produtor libertado em Gaza

05/10/2004 na edição 297

O produtor da rede de TV CNN Riad Ali, seqüestrado na segunda-feira, 27/9, em Gaza, foi libertado um dia depois. Pouco antes de sua libertação, foi divulgada uma gravação de vídeo onde Ali explicava que havia sido capturado pelas Brigadas dos Mártires Al Aqsa, facção armada ligada ao grupo de resistência Al Fatah, de Yasser Arafat.

Na fita, o produtor afirmava, em árabe, que é um Druze e que seu pai e outros membros da sua família serviram no exército de Israel. Os Druze são uma minoria não-judia de língua árabe que habitam uma área anexada ao norte de Israel.

Ali foi retirado de um táxi, onde estava com dois colegas da CNN, por homens armados. Segundo o correspondente Bem Wedeman – que estava no carro com o produtor e com a fotógrafa Mary Rogers – eles haviam acabado de sair de seu escritório quando seu táxi foi fechado por um peugeot branco, de onde saiu um homem jovem vestido como civil. O homem teria perguntado em árabe qual deles era Riad. ‘Nós ficamos chocados de início’, afirmou Wedeman, ‘mas então Riad disse, ‘eu sou Riad’. Outros homens saíram do carro com armas e o mandaram sair do táxi’. Informações CNN [29/9/04].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem