Segunda-feira, 18 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº991
Menu

ENTRE ASPAS > TV NOS EUA

Programas promovem adultério, diz estudo

07/08/2008 na edição 497

O grupo conservador Parents Television Council, que monitora o conteúdo das emissoras de TV dos EUA, divulgou uma pesquisa que revelou que os programas americanos menosprezam o conceito de casamento por mostrarem relações sexuais com quatro vezes mais freqüência entre amantes que entre os casados. O sexo fora do casamento é exibido em shows no horário nobre, quando há crianças assistindo à TV. ‘O preconceito contra casamento nestes programas é tão claro que chega a ser cômico’, afirma Melissa Henson, porta-voz do grupo.


Um dos exemplos seria o seriado Desperate Housewives, da ABC, que mostra um casal divorciado que recomeça o relacionamento depois de fazerem sexo após estarem separados e gostarem mais que quando eram casados. O estudo foi feito durante quatro semanas, com os principais programas das maiores redes de TV no horário nobre. A emissora que mais mostrou referências de sexo no casamento foi a ABC, mas a maior parte delas foi negativa, como se isto fosse uma ‘carga’ para os casados. Informações de Alex Dobuzinskis [Reuters, 5/8/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem