Sábado, 21 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Projeto transforma revista em experiência pessoal

21/07/2009 na edição 547

É o jornalismo ‘faça você mesmo’. O projeto americano Printcasting, do Colorado, deixa que os
leitores escolham o que querem ler em suas revistas. Como em um buffet, eles
montam seus pratos – ops, revistas – com artigos de blogs e publicações
registradas no projeto. Anunciantes colocam artigos nas páginas. E o leitor,
depois da seleção de conteúdo, escolhe se deseja imprimir sua cópia, ver a
edição online ou obtê-la na telinha do celular.


O Printcasting é financiado por uma verba de 837 mil dólares de um programa
da Fundação Knight para encontrar novos modelos digitais para notícias locais. O
objetivo é atrair novos leitores e anunciantes para publicações impressas, e,
para Dan Pacheco, fundador do projeto, reduzir os custos na produção de revistas
é o jeito certo de fazê-lo.


Pacheco, que coordena o setor de produtos digitais do jornal Bakersfield
Californian
, já trabalhou para a AOL e ajudou na criação do sítio
do Washington Post, diz que teve a idéia do projeto quando
o Californian lançou um site sobre a cena musical da região. Anunciantes
começaram a perguntar quando seria lançada uma revista sobre o tema, porque
preferiam aparecer no papel. ‘Todas as minhas percepções sobre o impresso
estavam erradas. Os anunciantes querem estar no papel, e os jovens se interessam
por revistas’.


Experiência única


Desde que o Printcasting foi lançado, em março, cerca de 250 revistas já
foram criadas. O projeto é voltado para amadores. Um morador de Wasco, na
Califórnia, junta artigos de blogueiros locais e publica uma newsletter
sobre a cidade, que distribui gratuitamente.


A iniciativa, entretanto, já começa a atrair o interesse de editoras de
jornais. Em junho, o Printcasting encontrou seu primeiro grande parceiro: o
grupo MediaNews, que possui 54 jornais em 11 estados americanos. Uma das idéias
da empresa é usar a ferramenta para criar newsletters com artigos sobre o
mercado imobiliário da região de Denver e veicular anúncios de corretores de
imóveis. ‘Os veículos impressos podem se tornar mais pessoais, mais focados, e
ainda ter um modelo de negócios viável’, diz Peter Vandevanter, do MediaNews.


A experiência tenta realmente ser pessoal. Além do conteúdo, os internautas
escolhem o nome de sua publicação, assim como o layout. Os anunciantes
também criam anúncios e escolhem em que revistas querem aparecer. Todos os
anúncios começam a 10 dólares por edição – não importa o número de cópias
impressas. O Printcasting fica com 10% da receita publicitária; 30% vai para os
autores dos artigos; e 60%, para o ‘dono’ da revista. Informações do New York
Times
[20/7/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem