Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1050
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Público americano ‘perdoa’ Rather

05/10/2004 na edição 297

Pesquisa realizada pelo USA Today [28/9/04], pela Reuters e pelo Gallup mostra que 56% dos americanos acreditam que o âncora Dan Rather cometeu um ‘erro honesto’ ao apresentar os supostos documentos da Guarda Nacional contra o presidente George W. Bush no programa 60 Minutes. Fatia majoritária – 64% – também acha que o jornalista não deve ser demitido da rede CBS por causa da falha.

Enquanto a maioria da população americana parece ter ‘perdoado’ Rather, alguns conservadores continuam inconformados com ele. O milionário republicano texano Doug Forrester anunciou que investirá US$ 1 milhão numa campanha de abaixo-assinado pela internet (www.danrathermustgo.com), pedindo a cabeça do âncora para sua emissora.

O deputado republicano Joe Barton, também do Texas, disse que pretende requerer à direção da CBS que vá se explicar perante o comitê de comércio que preside, assim que passar a eleição presidencial. Segundo o Hollywood Reporter [29/9/04], ele alega querer ‘examinar procedimentos e mecanismos para proteger a Primeira Emenda (item constitucional que prevê a liberdade de imprensa)’. Barton foi contra a idéia de seus colegas de partido de abrir uma investigação no congresso sobre o caso dos documentos da Guarda Nacional.

O criador do 60 Minutes, Don Hewitt, aposentado do programa desde junho após 36 anos trabalhando para ele, criticou o procedimento de Rather num programa de rádio, segundo informa a AP [30/9/04]. Ele disse que a história de que Bush teria recebido tratamento preferencial nas forças armadas durante a Guerra do Vietnã é velha e, por isso, não deveria ter sido resgatada. ‘É preciso tomar muito cuidado para não dar a impressão de que se está fazendo o trabalho que um dos candidatos deveria estar fazendo’, disse, explicando que Rather pareceu estar fazendo o serviço do candidato democrata John Kerry. ‘E no instante em que comete um erro, você está morto’, concluiu.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem