Domingo, 22 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Realidade aumentada na capa da Popular Science

16/06/2009 na edição 542

Ultimamente, anúncios publicitários estão invadindo capas de revistas – alguns de maneira mais discreta, outros mais chamativos, revela Stephanie Clifford [New York Times, 12/6/09]. Na edição de julho, no entanto, a Popular Science optou por publicar uma propaganda de modo atípico e criou uma capa que contou com o apoio da General Electric. A revista, no entanto, não cobrou à GE pela capa. Anúncios em capas violam regras estabelecidas pela Sociedade Americana de Editores de Revista, que requer uma clara separação entre espaço editorial e publicitário. As conseqüências de se colocar anúncios em capas não são tão severas – leitores mandam cartas criticando e ocasionalmente a publicação é proibida de competir na National Magazine Awards.

A capa da Popular Science mostra moinhos de vento e divulga artigos sobre energia alternativa. Um box anuncia que a capa é tridimensional. Quando um leitor segura a capa diante de uma webcam, ela envia sinais para o computador exibir imagens em flash. Assim, o computador mostra uma cena em 3D de moinhos na capa e o leitor pode soprar no microfone do computador para mover as paletas dos moinhos. A tecnologia – chamada de realidade aumentada – combina uma imagem real com uma virtual e os leitores podem ajustar a imagem real para mudar a virtual. Para dar início à tecnologia, os servidores pedem que seja segurada uma imagem – a capa, neste caso – para uma webcam. Aqueles que não têm a revista, podem acessar o sítio www.popsci.com/imagination e imprimir uma cópia para usar o programa.

A realidade aumentada tornou-se uma ferramenta popular entre publicitários, que querem ver as pessoas interagindo com seus anúncios. ‘Achamos que era uma maneira high-tech de expressar o que estávamos fazendo em relação à produção de energia, mas de maneira interativa, divertida e simples’, afirmou Jennifer Walsh, diretora-global de mídia digital na GE. O programa da GE atraiu a atenção de executivos da Popular Science, que estavam planejando uma capa de julho sobre energia. A revista pediu, então, se poderia imprimir as imagens com a logo da GE em sua capa. ‘Eles tiveram esta maravilhosa idéia criativa, nós tínhamos o pacote editorial, e achamos que seria um bom casamento ou uma boa sinergia entre o que estávamos fazendo e a mensagem que eles estavam querendo passar’, explicou Gregg Hano, publisher do Popular Science Media Group. Hano, no entanto, optou por não cobrar a GE. ‘Não quisemos comprometer nossa integridade editorial ou dar a impressão de estar comprometendo-a’, explicou. Em retorno à gentileza, a GE comprou três páginas de anúncios na revista.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem