Segunda-feira, 25 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº992
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > READER´S DIGEST

Revista comemora mil edições

25/07/2005 na edição 339

Com 83 anos de existência, a Reader´s Digest chegou, na semana passada, à sua 1000a edição. No número comemorativo do mês de agosto, a revista faz uma análise da sua história e da forma como se tornou um símbolo dos EUA. A edição dedica ainda 95 páginas às ‘grandes idéias que vão mudar as nossas vidas, nos próximos cinco a dez anos’.

No entanto, não há nada sobre o seu fundador, DeWitt Wallace, que lançou o primeiro exemplar em 1922 a US$ 0,25 – hoje a revista custa US$ 2,99 nas bancas americanas. A edição brasileira, batizada posteriormente de Seleções, custa R$ 6,90. A revista de Wallace tornou-se rapidamente um sucesso e, em 1925, o correio de Pleasantville, no estado do Nova York, teve de expandir para receber todas as correspondências. Em 1939, a revista mudou-se para Chappaqua. Ela começou como uma seleção de artigos retirados de outras fontes e agora apresenta 80% de produção própria.

Também não é mencionado, na edição comemorativa, que a revista já publicou mais de 100 mil piadas e pagou mais de US$ 25 milhões por elas. Além disso, não foi lembrado que até 1998 era publicado um índice com todas as matérias na capa da revista, sem ser preciso abri-la para ver o que tinha dentro.

A publicação ainda se foca no conceito de contar histórias que emocionam, abordando assuntos importantes do dia-a-dia e que inspiram para uma vida melhor, mas apresenta mais matérias de consumo de produtos do que no passado.

Sua tiragem, que já chegou a 17.75 milhões, foi propositalmente diminuída de 11 para 10 milhões em 2004 para focar nos seus leitores mais leais. Ela é a publicação mais lida e com maior circulação em todo o mundo, com 48 edições em mais de 19 idiomas e vendida em mais de 60 países. A partir desta terça-feira (26/7), a edição comemorativa da revista estará disponível em seu sítio na internet, www.rd.com, em formato original – pois, como suas páginas são pequenas, cabem por completo no espaço da tela do computador. Informações de Jim Fitzgerald, da AP [18/7/05].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem