Segunda-feira, 12 de Novembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1012
Menu

ENTRE ASPAS >

Sarah Palin faz piada de si própria na TV

Por Leticia Nunes (edição), com Larriza Thurler em 21/10/2008 na edição 508

Depois de semanas sendo satirizada no humorístico americano Saturday Night Live (SNL), a governadora do Alasca e candidata à vice-presidência dos EUA, Sarah Palin, cansou… e resolveu fazer piada de si própria no programa. A presença de Sarah aumentou a audiência do SNL – foi o maior índice dos últimos 14 anos – e mostrou que a política tem senso de humor.

Em um dos esquetes, a atriz Tina Fey, que tem feito um sucesso estrondoso com a imitação da governadora, aparecia em uma coletiva de imprensa, vestida de Sarah, comentando a atuação de seu companheiro de chapa, John McCain, no último debate presidencial, realizado na semana passada. Enquanto isso, a verdadeira Sarah é mostrada assistindo à performance de Tina em um monitor de TV, na companhia de Lorne Michaels, produtor-executivo do programa.

‘Sabe, Lorne, eu só não acho que esta é uma representação realista de como teriam sido minhas coletivas de imprensa’, brinca a candidata, que foi, de certo modo, ‘protegida’ da mídia pelo partido – e nunca deu coletivas. O ator Alec Baldwin aparece na cena e confunde Sarah com Tina, dizendo a Michaels que é um absurdo fazer a atriz se passar ‘por esta mulher horrível’. Avisado pelo produtor de que aquela a seu lado é, na verdade, a política, o ator se desculpa. ‘Eu tenho que dizer isso: você é muito mais ‘quente’ pessoalmente’, diz. Sarah agradece o elogio e afirma que, dos irmãos Baldwin, Stephen é seu favorito.

A de verdade

A câmera volta a Tina, que aparece respondendo a uma pergunta sobre pesquisas. ‘Não me preocupo com as pesquisas. Pesquisas são apenas um jeito sofisticado de prever sistematicamente o que vai acontecer’, diz a personagem, aproveitando para fazer um trocadilho. Ela afirma que a única poll (pesquisa, em inglês) com que se preocupa é o North Pole (Polo Norte), que está derretendo. Baldwin surge no palco e cochicha no ouvido de Tina, que pergunta: ‘O que? A de verdade?’. Ela se despede e cruza, sem graça, com Sarah no palco. A governadora então diz que não vai responder a nenhuma pergunta e apresenta a tradicional saudação do programa, ‘Live from New York, it’s Saturday Night’.

Não se sabe se John McCain assistiu à atuação de sua companheira de chapa no humorístico, mas, em evento de campanha no fim de semana, o republicano afirmou que Sarah Palin e Tina Fey são tão parecidas que ‘devem ter sido separadas no nascimento’. Informações de Glen Johnson [Associated Press, 19/10/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem