Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

MONITOR DA IMPRENSA > HOMEM ARANHA

Sede do NYT é escalada duas vezes em um dia

10/06/2008 na edição 489

A sede do New York Times foi palco de cenas inusitadas na semana passada. Com diferença de horas, dois homens escalaram o edifício nova-iorquino de 52 andares. O primeiro foi o (já famoso) francês Alain Robert, conhecido como ‘homem-aranha’, que já escalou mais de 70 arranha-céus em diversos países – inclusive no Brasil. À medida que subia, Robert estendia uma faixa com a frase ‘O aquecimento global mata mais pessoas por semana que os ataques do 11/9’. Ele foi detido pela polícia ao chegar ao topo.

Horas depois, um segundo homem, identificado como americano, também resolveu subir o prédio. A peripécia foi exibida em tempo real pela televisão. Uma multidão pressionava o cordão de policiais para assistir à escalada, enquanto tirava fotos com celulares. Ele também foi preso. ‘Só em Nova York acontece este tipo de coisa. É por isso eu moro aqui’, disse a entusiasmada Emily Perschetz, de 29 anos, que acompanhou o segundo homem-aranha por 20 minutos. ‘Temos que respeitá-los por tentar’, defendeu.

Protesto

Em um comunicado, Robert disse que a escalada, realizada no Dia do Meio Ambiente, teve o objetivo de ‘estimular o apoio de líderes mundiais contra o aquecimento global’. A fachada do moderno prédio, para o qual a redação do NYTimes se mudou no ano passado, tem ripas que permitiram que os dois ‘alpinistas’ subissem o edifício como se estivessem subindo uma escada. A porta-voz do diário, Catherine Mathis, informou que ninguém no NYTimes sabia dos planos de Robert. ‘Nosso prédio é ecológico. As ripas servem para economizar energia, pois reduzem a quantidade de luz e calor’, relatou. Informações de Karen Matthews [AP, 5/6/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem