Segunda-feira, 25 de Março de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1029
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Sede de canal crítico a Chávez é atacada

05/08/2009 na edição 549

Um grupo de mais de 30 pessoas identificadas como partidárias ao presidente da Venezuela, Hugo Chávez, atacou na segunda-feira [3/8] a sede do canal de TV Globovisión. Imagens transmitidas pela emissora mostram os agressores armados forçando a entrada e atirando bombas de gás lacrimogêneo. Depois que o presidente se negou a renovar a licença de funcionamento do canal RCTV, há dois anos, a Globovisión se tornou a única emissora aberta do país altamente crítica a Chávez – que mais de uma vez ameaçou fechá-la por irregularidades.


As pessoas que atacaram a sede do canal foram identificadas como ativistas do grupo Unión Patriotica Venezolana. Lina Ron, líder do movimento pró-Chávez, aparece nas imagens filmadas pela Globovisión participando do ataque. O ministro do Interior, Tareck El Aissami, afirmou que se tratava de um ato violento ‘criminoso’ e prometeu abrir um inquérito.


Rádios fechadas


A Venezuela passa por um momento de tensão entre o governo e a mídia. Trinta e quatro estações de rádio foram tiradas do ar depois que as autoridades declararam que algumas teriam violado as regras de registro junto ao governo e outras estariam com as licenças de funcionamento vencidas. Cerca de 200 estações de rádio encontram-se sob investigação no país. ‘O Estado está retomando o controle das concessões que estavam sendo usadas de maneira ilegal há mais de 30 e 40 anos’, afirmou o ministro Diosdado Cabello, que preside a agência oficial de telecomunicações.


Mas críticos afirmam que a iniciativa tem como real objetivo ampliar o espaço dos veículos de comunicação que apóiam Chávez e calar as vozes dissidentes. Esta semana, um controverso projeto de lei para regular a mídia começa a ser debatido na Assembléia Nacional. Por ele, jornalistas podem ser presos por até quatro anos por divulgar material que prejudique a ‘paz, segurança e independência da nação e as instituições do Estado’. Com informações da BBC News [4/8/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem