Sábado, 24 de Agosto de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1051
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Semanário americano suspende publicação

08/07/2009 na edição 545


Dias depois da revista Vibe, símbolo da cultura hip hop, anunciar sua saída do mercado, a crise financeira e a queda nos anúncios publicitários levam à suspensão de mais uma publicação americana. O jornal afro-americano Bay State Banner, de Boston, que em seus 44 anos registrou eventos marcantes da cultura negra nos EUA, também chega ao fim. O semanário cobriu os protestos contra segregação racial nos transportes de Boston, a queda de líderes políticos negros e a tomada de poder do primeiro governador negro, Deval Patrick. Esta semana, o editor e publisher Melvin Miller teve que demitir seus 12 funcionários. Recentemente, a tiragem do Banner era de 34 mil cópias gratuitas por semana.


Miller fundou a publicação em 1965, mas decidiu que, apesar de toda sua história, não gastaria mais dinheiro e tempo para mantê-la ou para procurar novos investidores. ‘Quando você faz algo por tanto tempo, as pessoas pensam que não importa o que aconteça com o Banner, ele vai continuar existindo’, observa. ‘Agora, as pessoas têm que ser confrontadas com a idéia de que têm que fazer algo pelo jornal ou ele vai desaparecer para sempre. Não sei se poderei administrá-lo do túmulo’, diz o publisher, hoje com 75 anos.


Jeffrey Berry, professor de ciência política da Universidade Tufts, afirma que será doloroso ver o fechamento definitivo do jornal, pois ele fez um trabalho excepcional na cobertura da comunidade negra da cidade de Boston. ‘Ele deu voz a uma comunidade ignorada pela mídia local’, resume Berry. Informações de Russell Contreras [AP, 7/7/09] e da Editor & Publisher [7/7/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem