Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

ENTRE ASPAS > TELETIPO

Sobe para 12 o número de repórteres mexicanos mortos

29/12/2009 na edição 570

O jornalista Alberto Velázquez foi morto na semana passada quando deixava uma festa de Natal na cidfade de Tulum, no México, elevando para 12 o número de repórteres mortos este ano no país. Velásquez trabalhava para o jornal Expresiones de Tulum. Segundo o Comitê para Proteção de Jornalistas, ele tinha escrito artigos críticos a autoridades locais, tendo recebido ameaças. Em uma declaração, um grupo de colegas disse que ele foi morto a tiros por um homem em uma moto, em um crime provavelmente relacionado com seu trabalho. Informações da AP [25/12/09].

 

Soldados norte-coreanos são homenageados

A Coréia do Norte homenageou dois soldados por terem detido as jornalistas americanas Laura Ling e Euna Lee, na fronteira com a China, em março. As duas foram condenadas a 12 anos de trabalho forçado por terem transpassado a fronteira e cometido ‘atos hostis’ contra o país, mas acabaram sendo perdoadas após uma visita do ex-presidente americano Bill Clinton. Os dois soldados apareceram em um programa de TV no canal estatal para comemorar o 18º aniversário da tomada do rei Kim Jong-il ao exército norte-coreano. Informações da AP [25/12/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem