Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1067
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Sueco que cobria questões trabalhistas é deportado

01/10/2009 na edição 557

Per Bjorklund, jornalista e blogueiro sueco especializado em questões trabalhistas do Egito, foi detido no aeroporto do Cairo esta semana e obrigado a deixar o país, noticia Paul Schemm [Associated Press, 29/9/09]. Bjorklund passou o último ano cobrindo greves trabalhistas no Egito e retornava ao Cairo com sua namorada da Suécia, via Praga. ‘Eles tomaram seu passaporte e disseram que ele tinha que ir’, contou a namorada do jornalista, Anna Sicking.


O blogueiro e jornalista egípcio Hossam el-Hamalawy falou com Bjorklund quando ele estava detido e, logo depois, seu celular ficou mudo. ‘Ele falou que seu nome estava no computador e que ele teria que voltar para Praga’, contou. Representantes da Embaixada da Suécia no Cairo afirmaram que estavam tentando descobrir a razão da detenção e deportação. ‘Não conseguimos falar com ele. Se ele não saiu ainda do país, vão lhe pedir para sair, mas não sabemos se esta decisão foi tomada ainda’, declarou Joakim Vaverka, conselheiro de imprensa da embaixada.


Em setembro, o americano Travis Randall, que morava no Cairo, foi impedido de entrar no Egito pouco tempo depois de ter participado de uma manifestação pró-Palestina junto com Bjorklund. Um funcionário do aeroporto informou à AP que o jornalista havia sido detido pela Segurança do Estado, mas ainda estava sob custódia, esperando a deportação. Bjorklund escreve para publicações suecas e também tem um blog em inglês. Ele vivia no Egito há três anos e passava férias na Suécia.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem