Suposto Garganta Profunda é encontrado morto | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito
Terça-feira, 14 de Agosto de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº999
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > CASO WATERGATE

Suposto Garganta Profunda é encontrado morto

03/08/2004 na edição 288

Um dos maiores mistérios da política e do jornalismo americanos pode estar próximo do fim. Fred LaRue, um dos maiores suspeitos de ser o Garganta Profunda, fonte do caso Watergate, foi encontrado morto num quarto de hotel da cidade de Biloxi, no Mississipi. Ele tinha 75 anos e sua morte teria sido natural.

Carl Bernstein e Bob Woodward, os repórteres do Washington Post que deram em primeira mão a trama republicana para invadir a sede do Partido Democrata, no edifício Watergate, em 1972, juraram que só entregariam a identidade de sua fonte quando ela morresse. Houve especulações de que várias pessoas podem ter sido esse informante. LaRue sempre negou que tivesse sido ele e chegou a dizer que, na verdade, se tratava de um grupo de pessoas – hipótese negada pelos dois jornalistas.

O falecido participou da reunião na casa de veraneio do então presidente Richard Nixon, na Flórida, em que se acertou que a invasão seria feita. Ele ficou responsável por pagar os subornos para que o plano não viesse a público, razão pela qual ficou conhecido como ‘homem da bolsa’ (bag man). LaRue cumpriu pena de quatro meses e meio de prisão por obstrução do trabalho da justiça no caso Watergate, segundo reporta The Guardian [29/7/04].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem