Terça-feira, 26 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº959

ENTRE ASPAS > ÍNDIA

Terceirização atinge profissionais de televisão

03/04/2006 na edição 375

Duas das maiores empresas da Índia anunciaram uma joint venture na semana passada para oferecer serviços como edição de vídeo, pós-produção, digitalização e arquivamento para grupos de mídia televisiva de todo o mundo. A rede de televisão New Delhi Television (NDTV) e a empresa especializada em terceirização Genpact, que tem como proprietária de 40% de suas ações a americana General Electric, declararam que os grupos de mídia economizariam no mínimo 1/5 dos seus gastos se optarem por terceirizar o trabalho, como noticia Randeep Ramesh [The Guardian, 30/3/06].

O presidente da NDTV, Prannoy Roy, informou que 70% de todo o trabalho de mídia televisiva é digital e 70% dele poderia ser feito com custos menores na Índia. ‘Basicamente, tudo o que está por trás da câmera pode ser terceirizado. Esperamos trabalhar com os grandes – ITV, BBC, redes de televisão dos EUA, Canadá e Austrália’, disse Roy. Ele revelou ter percebido que havia um mercado para este tipo de serviço há dois anos, quando a NDTV realizou a produção de gráficos para um estúdio nos EUA por um valor mais barato do que uma produtora americana havia oferecido. ‘Ia custar US$ 1 milhão, mas fizemos por US$ 200 mil. É uma economia de 80%. Olhamos o preço das ilhas de edição no exterior e elas custavam US$ 140 por hora. Na Índia, uma ilha similar custa apenas US$ 15. Quando se está editando 100 horas de filmagem, faz uma imensa diferença’, revelou.

Prática freqüente no país

O novo empreendimento é resultado de duas tendências observadas na Índia. Uma é a explosão da produção para televisão – o país é o terceiro maior mercado de TV a cabo do mundo, com 44 milhões de assinantes. A segunda tendência é a crescente terceirização de trabalho de diversas regiões do Ocidente na Índia. Analistas afirmam que 10% da força de trabalho legal americana e 12% da contabilidade dos EUA serão transferidos para a Índia dentro de cinco anos.

A Genpact é pioneira no mercado de terceirização na Índia e emprega 20 mil pessoas. A empresa é iniciante no setor de mídia, tendo até agora trabalhado essencialmente para clientes internacionais nos ramos de produção automobilística, energia, tecnologia e varejo. No entanto, a Genpact tem grande habilidade para separar os processos de produção e torná-los mais eficientes, tanto em relação a tempo quanto a dinheiro. ‘Empresas de mídia não são diferentes neste aspecto’, afirmou Pramod Bhasin, executivo-chefe da companhia, que está em acelerado movimento de expansão. A Genpact está contratando em média mil pessoas em todo o mundo a cada mês e treinando cerca de oito mil por ano.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem