Sábado, 23 de Novembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1064
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

The Sun: ‘Habemus primeiro-ministro’

Por Edição de Leticia Nunes (com Dennis Barbosa) em 03/05/2005 na edição 327

Com a aproximação da eleição em que os britânicos dirão se querem que Tony Blair siga sendo seu premiê, o líder trabalhista já tem a certeza de ao menos um forte aliado na imprensa: o mega-empresário de mídia Rupert Murdoch. Como reporta a Variety [25/4/05], há alguns anos tal aliança seria improvável, pois Murdoch sempre apoiou o Partido Conservador. No entanto, em 1997, o Sun, jornal mais vendido do Reino Unido, controlado pelo empresário, passou a ajudar a candidatura de Blair. O empurrão não foi gratuito. Eleito, o premiê aprovou medidas que favorecem os interesses de Murdoch, como a desregulamentação do sistema de televisão, que permitirá a ele comprar alguma rede privada de TV britânica com seu capital americano – provavelmente o canal Five.

Há rumores de que o empresário australiano estaria receoso de mais uma vez apoiar a candidatura trabalhista, pois, em seu terceiro mandato, haveria o risco de o premiê dar mais poder a seu chanceler, Gordon Brown, que comanda a pasta econômica e sabidamente segue uma linha mais esquerdista. Ainda assim, o Sun já anunciou que está com Blair, com a irreverência que lhe é peculiar: no telhado da sede do diário, em Londres, foi instalada uma chaminé à la Vaticano, de onde saía fumaça vermelha – cor que representa o Partido Trabalhista, apesar do pouco que ainda tem de socialista.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem