Sábado, 15 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Três é demais?

01/02/2005 na edição 314

Perdendo em audiência para suas concorrentes NBC e ABC, a rede de TV americana CBS pode adotar em seu noticiário noturno, o CBS Evening News, um formato com três apresentadores. O presidente da emissora, Leslie Moonves, acena com essa possibilidade, com a saída do atual âncora do programa, Dan Rather, programada para março. Peter Johnson [USA Today, 27/1/05] ouviu gente do ramo para tentar descobrir se a opção por três âncoras, em vez de um só, pode dar certo.

‘Na situação em que se encontram, o que precisam é de mudança. No mínimo, será interessante de se ver’, opina Brian Williams, apresentador recém-empossado do NBC Nightly News, líder de audiência entre os três telejornais noturnos da TV aberta americana. Williams está numa posição confortável, pois substituiu o veterano Tom Brokaw e conseguiu manter seu programa na dianteira. Ele considera, no entanto, que o público dos EUA prefere assistir a jornais com um só apresentador.

Jon Banner, produtor do World News Tonight, o outro telejornal concorrente – que já teve, com êxito, três âncoras entre 1978 e 1983 – também acha que, no momento, a fórmula do ‘apresentador solo’ está dando mais certo, pelo menos no caso do programa em que trabalha. Para o professor de Jornalismo da Universidade de Nova York, Jay Rosen, a quantidade de âncoras não importa. ‘Ter três, para mim, é tão insignificante quanto se ter seis ou um’, observa. ‘Agora, se a CBS dissesse ‘teremos três âncoras: um de esquerda, um de direita e outro centrista’, daí eu prestaria atenção. Ter três âncoras, por si só, não significa nada, e é por isso mesmo que alguns defendem essa idéia’.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem