Segunda-feira, 12 de Novembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1012
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

TV belga desiste de programa sobre Hitler

04/11/2008 na edição 510

A rede de TV belga VRT desistiu, na semana passada, de exibir um programa de culinária que mostraria o prato preferido de Adolf Hitler. O episódio fazia parte de uma série de programas em que são preparadas as comidas preferidas de pessoas famosas – entre elas o cantor Freddie Mercury, a cantora de ópera Maria Callas e o artista Salvador Dalí. A direção do canal público afirmou que o episódio sobre as preferências culinárias do ditador alemão tocava em um tema muito ‘delicado’ e não se adequava ao resto da série Plat Prefere. A emissora chegou a defender o conteúdo, alegando que o chef Jeroen Meus – que gravou o programa na Alemanha, onde preparou truta com molho de manteiga – abordava as políticas anti-semitas de Hitler. Diante das crescentes críticas, entretanto, optou por não exibir o episódio. ‘Havia a percepção errônea de que o programa sobre Hitler iria humanizá-lo ou, pior, glorificá-lo’, justificou. Informações da AP [27/10/08].

Croatas presos por assassinato de jornalista

A polícia croata prendeu cinco suspeitos pelo assassinato do jornalista Ivo Pukanic na semana passada, em Zagreb. Pukanic, fundador e editor-chefe do semanário independente Nacional, foi morto em um ataque a bomba em 23/10, junto com o diretor de marketing do jornal, Niko Franjic. Foram detidos os irmãos Robert e Luka Matanic, Amir Mafalani, Tomislav Marjanovic e a namorada de um dos suspeitos. O grupo estaria ligado a Streten Jocic, um dos chefões da máfia da Sérvia. As prisões foram feitas depois que os ministros da Justiça e Interior prometeram uma reação ao crime organizado e apresentaram um pacote de novas leis – entre elas está a proposta de criação de tribunais especiais para casos deste tipo nas cidades de Zagreb, Split, Rijeka e Osijek. No início da semana passada, também foi criado um departamento de polícia especial para combater o crime organizado e a corrupção na Croácia. O país teme que o aumento dos casos de assassinato ao estilo da máfia venha a prejudicar seus planos de entrar para a União Européia. Informações da AFP [30/10/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem