Terça-feira, 23 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1009
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

TV hispânica quer padronizar língua

10/08/2004 na edição 289

Dubladas em espanhol, as novelas brasileiras que a rede latina Telemundo exibia nos EUA eram fracasso de audiência. Agora, o canal, que ainda perde feio para a Univision, líder do segmento, está trocando os diálogos dessincronizados das nossas telesséries por um castelhano padronizado baseado na fala dos mexicanos – algo comparável à mistura carioca-paulistana que se ouve nas transmissões da nossa Rede Globo. A fala ‘neutralizada’ – livre do padrão cantado característico dos mexicanos – está na nova novela Gitanas, produzida pela própria Telemundo com atores de diferentes países latino-americanos, que mostra a história de ciganos no México. Sua estréia, na semana passada, foi a de maior sucesso entre todos os programas já lançados pela emissora. A rede instituiu um programa interno para treinar todos os seus artistas e apresentadores a perderem seus sotaques regionais. A Univision também recomenda que os sotaques sejam reduzidos no ar, mas ainda não adotou isso como algo obrigatório. O público latino dos EUA, apesar de ser de majoritariamente de origem mexicana, tem composição bastante heterogênea. A Telemundo tem por objetivo não mais perder espectadores por eles não apreciarem o espanhol que está sendo falado em seus programas. A iniciativa, no entanto, tem gerado críticas com relação ao prejuízo que pode trazer às culturas regionais. Com informações do Washington Post [2/8/04].



Reality show ajuda a obter green card

Gana la Verde, um programa de TV para o público latino transmitido para Los Angeles, San Diego, Dallas e Houston, oferece um prêmio incomum: o valor equivalente a um ano de assistência jurídica para obtenção do green card, o visto permanente de residência nos EUA. Em busca dessa ajuda, os competidores, que não são todos imigrantes ilegais – muitos têm vistos temporários ou de estudante –, participam de provas insólitas como engolir larvas de tequila vivas ou imobilizar um porco lambuzado de manteiga. O advogado da companhia que produz a atração explica que os convidados são alertados sobre o risco de aparecerem na TV caso estejam ilegalmente no país, mas diz acreditar que o departamento de imigração não deve criar problemas a eles. Segundo a AP [5/8/04], Gana la Verde, que estreou em julho, é um sucesso de audiência.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem