Sábado, 15 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

TV ignora autor de livro sobre Hillary

18/07/2005 na edição 338

Edward Klein, autor do polêmico livro The truth about Hillary: What she knew, when she knew it, and how far she´ll go to become President (A verdade sobre Hillary: o que ela sabia, quando soube, e até onde pode chegar para se tornar presidente), sobre a ex-primeira-dama americana e senadora pelo estado de Nova York Hillary Clinton, foi ignorado por quase todos os programas de entrevistas das emissoras de TV americanas. Mesmo assim, o livro continua no segundo lugar na lista de mais vendidos do New York Times. Klein afirma que este é o maior exemplo que a ‘censura da grande mídia não impede um livro de ser um best-seller‘. The truth about Hillary teve a primeira edição de 350 mil exemplares.

Como nenhuma emissora de TV tem a obrigação de entrevistar autores, censura não é exatamente a palavra ideal para descrever a má recepção da mídia ao livro, considerado pela imprensa liberal – e até por setores da conservadora – como uma tentativa frustrada de manchar a imagem de Hillary. O tom apelativo fica claro já na segunda página do primeiro capítulo, quando Klein insinua que a ex-primeira dama seria lésbica.

O autor acusa as redes fechadas de notícias MSNBC, CNN e Fox de terem feito um acordo com assessores de Hillary para boicotar seu livro, embora não tenha como comprovar suas acusações. Ele é ex-editor da New York Times Magazine, editor colaborador da Vanity Fair e autor de outros best-sellers – como o livro sobre a família Kennedy. Informações de Howard Kurtz [Washington Post, 11/7/05].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem