Domingo, 17 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

CADERNO DO LEITOR > PAPA ONLINE

Vaticano lança canal no YouTube

28/01/2009 na edição 522

Primeiro foi a vez da rainha da Inglaterra. Agora, o papa Bento 16 oficializa sua entrada no mundo digital com o lançamento de um canal do Vaticano no YouTube, com vídeos das atividades diárias e mensagens do líder da igreja católica. O canal online foi lançado no fim da semana passada com o objetivo de ‘ajudar a estabelecer relações com os católicos em todo o mundo’. Segundo o padre Federico Lombardi, diretor do setor de imprensa e do centro de rádio e televisão do Vaticano, a iniciativa mostra o compromisso da igreja com as novas tecnologias, ‘para alcançar uma audiência global abrangendo diferentes nacionalidades e culturas’.


O canal terá áudio e legendas em inglês, espanhol, italiano e alemão. Entre os clipes com mensagens do papa, Bento 16 falará sobre as novas tecnologias na comunicação social – tema escolhido para o Dia Mundial das Comunicações Sociais deste ano. Em um comunicado, a igreja católica afirmou que, apesar de suas tradições, tem consciência de que é possível usar a linguagem e as tecnologias do mundo moderno para disseminar mensagens que ainda são importantes para a sociedade.


‘O YouTube é uma plataforma de comunicação aberta a todos, onde usuários, instituições e geradores de conteúdo se unem em um ponto de encontro global’, afirmou Henrique de Castro, diretor de vendas e soluções de mídia do YouTube na Europa. ‘Ficamos honrados que o Vaticano tenha escolhido usar o sítio para se comunicar com as pessoas em todo o mundo’.


Isolamento


Mas nem tudo são flores na relação do papa com a internet. Ele afirmou recentemente que sítios de relacionamento como o MySpace e o Facebook podem promover a amizade e a compreensão, mas ao mesmo tempo podem isolar e marginalizar as pessoas. Bento 16 definiu como um ‘presente’ este tipo de página, pois responde a um ‘desejo fundamental’ de comunicação. Ainda assim, o papa completou que o comportamento ‘obsessivo’ diante da internet pode isolar as pessoas das interações do mundo real. Informações de Mark Sweney [Guardian.co.uk, 23/1/09] e da AP [23/1/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem