Domingo, 24 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

MONITOR DA IMPRENSA > JORNALISMO ONLINE

Yahoo e ABC anunciam parceria na internet

05/10/2011 na edição 662

Tradução e edição: Leticia Nunes

O Yahoo News anunciou na segunda-feira (3/10) parceria com a rede de TV ABC News para compartilhar matérias e vídeos online. Os dois sites não vão se fundir; continuarão editorialmente independentes, mas compartilharão conteúdo e produção da cobertura de eventos e terão “escritórios integrados” em Nova York, Washington e Los Angeles.

Ao noticiar a parceria, a imprensa americana fez comparações com a compra do site Huffington Post pela AOL, no início do ano, como mais um exemplo de duas companhias de mídia unindo forças para se tornarem mais fortes na web.

Entre os maiores veículos de mídia dos EUA, a ABC News amarga uma das mais baixas posições em tráfego online. O Yahoo, por outro lado, é o site de notícias com o maior número de visitantes únicos da rede mas, apesar de sua imensa audiência online, vem lutando com a estagnação de sua receita publicitária. No mês passado, sua executiva-chefe, Carol Bartz, foi demitida. A aliança com a ABC leva ao portal de notícias nomes de peso do jornalismo americano, como as televisivas Diane Sawyer e Katie Couric.

Detalhes financeiros do acordo entre as duas empresas não foram divulgados – sabe-se, no entanto, que ele envolverá a produção de conteúdo original em vídeo para o Yahoo News. Já na manhã de segunda – quando o anúncio da parceria foi feito no Good Morning America –, a ABC promoveu uma entrevista de George Stephanopoulos, co-âncora do programa matutino, com o presidente Brack Obama, transmitida pelos sites ABCNews.com e Yahoo.com.

Em princípio, a ABC irá produzir três séries de programas online para o Yahoo. A entrevista com Obama faz parte da primeira série, chamada “Newsmakers”, que terá outras entrevistas conduzidas por Stephanopoulos. As outras duas são “Around The World with Christiane Amanpour” (Pelo mundo com Christiane Amanpour) e “This Could Be Big”, voltada a assuntos de tecnologia e apresentada por Bill Weir, a co-âncora do programa Nightline. O Yahoo, por sua vez, comandará a criação de um novo site do Good Morning America, que será editado pela ABC.

Quero ser grande

Executivos das duas companhias esperam que a parceria crie a principal fonte de notícias da internet. O Yahoo News, ajudado pela enorme popularidade da home page do Yahoo, teve 81,2 milhões de visitantes únicos em agosto, de acordo com dados da ComScore, ficando em primeiro lugar de tráfego entre os sites de notícias. As páginas da rede CNN ficaram na segunda posição, com 75,3 milhões de visitantes únicos, e a parceria Huffington Post-AOL veio em seguida, com 56,7 milhões, ultrapassando a rede de TV MSNBC, com 55,6 milhões. Em comparação, o site da ABC News teve 24,4 milhões de visitantes únicos em agosto.

O plano da parceria Yahoo-ABC é conseguir chegar a 100 milhões de visitantes ao mês. Em uma mensagem aos funcionários, Ben Sherwood, presidente da ABC News, afirmou que a aliança é um meio de usar o poder de distribuição e a tecnologia de ponta do Yahoo para expandir o alcance do jornalismo da companhia.

Conteúdo próprio

Em artigo no site do New York Times (3/10), Verne G. Kopytoff lembra que, apesar de dominar o tráfego de notícias, esportes e finanças online, ultrapassando a CNN, a ESPN e a Dow Jones, respectivamente, o Yahoo sofre com um problema básico: a falta de respeitabilidade.

O portal não é visto pelo público como a principal fonte de notícias na web. Sua enorme audiência foi conquistada, em grande parte, ao agregar notícias de outras fontes. Associated Press, Politico, New York Times e US Weekly estão entre os parceiros que fornecem conteúdo. O objetivo dos executivos, agora, é entregar ao público conteúdo jornalístico original, cobertura especial de eventos, como premiações e festivais, e programas de vídeo online exclusivos. E, com isso, tentar fazer com que o público passe mais tempo no Yahoo, em vez de dar um “pulinho” e seguir para outros sites. Com informações de Brian Stelter [The New York Times, 3/10/11].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem