Domingo, 26 de Março de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº937

MONITOR DA IMPRENSA > Indice Torabit

Zero Hora volta à liderança e Exame surpreende em terceiro lugar

Por Caio Túlio Costa em 07/03/2017 na edição 936

O site do jornal  gaúcho Zero Hora retomou a liderança na média da taxa diária de engajamento nas redes sociais em fevereiro de 2017, no ranking organizado pela empresa Torabit.Torabit fevereiro 2017

Com 3,19% de média no mês, depois de subir 8% no mês, o Zero Hora empurrou o Estadão para o segundo lugar, com média de 3,06% no mês e queda de 2%.

Como de hábito, foi o desempenho no Instagram que o puxou o Zero Hora para o primeiro lugar – a taxa média diária nesta rede foi de 6,10%.

A novidade ficou por conta da revista Exame, que estreou no ranking em janeiro e surpreendeu fechando fevereiro em terceiro lugar, com 2,90% de média.

Exame foi também o veículo que mais ganhou ações de engajamento no mês e apresentou um salto 110% de janeiro para fevereiro. O veículo que mais perdeu engajamento entre janeiro e fevereiro foi o UOL, com queda de 43%.

No Facebook, a Exame foi a campeã, com 7,66% de taxa média diária.

No Twitter, o UOL manteve a liderança, com 0,39%.

No Instagram quem mais de destaca é o Zero Hora, com 6,10%.

Sobre o ranking do Torabit

Este ranking é produzido mensalmente pelo Torabit, uma plataforma de monitoramento, análise e mobilização nas redes sociais. A média diária de engajamento se refere às redes Facebook, Twitter e Instagram.

A taxa de engajamento mede diariamente o quanto os leitores de cada veículo gostam, comentam ou compartilham os seus conteúdos.

Para calcular a taxa de engajamento diária, o Torabit utiliza uma fórmula bastante simples. A equação é composta pela soma de ações que os internautas fazem em cada rede (curtem, comentam ou compartilham) multiplicada por cem e dividida pelo número de seguidores do veículo nessa rede ao final de cada dia. O resultado, em percentual, é o índice diário de engajamento em cada rede. A taxa de engajamento num período é a média das taxas de engajamento de cada dia do período.

Para compor o índice final, calcula-se a taxa média, nada menos do que a soma das taxas obtidas por cada veículo dividida pela quantidade de redes – três, neste caso. O resultado, em percentual, permite comparar qual leitorado é mais ou menos engajado em relação aos conteúdos ofertados nas páginas oficiais de cada veículo em cada uma das plataformas sociais analisadas.

***
Caio Tulio Costa é jornalista, ex-ombudsman da Folha de São Paulo e um dos criadores da Torabit

 

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem