Terça-feira, 24 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº963

MURAL > ‘UM FOCA NA SEXTA’

Projeto para estudantes e jornalistas recém-formados

03/09/2013 na edição 762

Estudantes de jornalismo e recém-graduados têm, desde o começo de julho, uma nova plataforma online para o debate e a reflexão da prática profissional. Um foca na sexta foi criado pelo jornalista Gabriel Toueg para estimular e orientar os “focas” na produção de textos sobre temas ligados à formação e ao fazer jornalismo. A proposta do projeto é publicar, toda sexta-feira, um texto de um estudante de jornalismo ou de um jornalista recém-graduado sobre um tema de escolha livre relacionado à prática profissional. O diferencial está na orientação que os “focas” recebem. Toueg tem mais de 15 anos de experiência e acompanha individualmente toda a produção dos participantes ao longo do projeto.

O jornalista já fazia uma espécie de orientação pontual e não sistematizada a estudantes, em textos e respondendo, em seu blog profissional, a perguntas relacionadas à sua experiência. “O projeto permite orientar mais ‘focas’ e, ao mesmo tempo, gerar uma reflexão rica e crítica da profissão, que passa no momento por uma grande crise existencial”, explica.

Um foca na sextatambém responde a uma reclamação comum entre os estudantes. “A faculdade não tem tempo suficiente para avaliar, de forma detalhada, o progresso no trabalho de cada aluno. No mercado de trabalho, os estágios, que deveriam servir para isso, estão saturados e os ‘focas’ recebem pouco retorno dos chefes”, afirma Toueg, que atualmente produz um livro e trabalha como freelancer. Ele já atuou no Oriente Médio como correspondente, ao longo de sete anos (200411), e foi editor de Internacional do portal Estadão.com.br, ligado ao jornal O Estado de S. Paulo.

“Quis participar do projeto porque tenho muitas dúvidas e incertezas sobre a prática da profissão, mas nunca tive um espaço para discuti-las”, diz Carolinha Linhares, estudante de jornalismo na Universidade de São Paulo (USP). Para ela, “escrever sobre o jornalismo ajuda a entende-lo e a me entender”. A “foca”, que se forma no final de 2013, acredita que os textos podem “gerar um debate que coloca os variados temas sob perspectivas antes desconhecidas ou desconsideradas”.

Para Thales Willian, graduado pela Universidade Braz Cubas (UBC), Um foca na sexta“complementa o aprendizado obtido em sala de aula e estimula o debate saudável do jornalismo”. Segundo ele, isso “contribui positivamente para a formação e cria uma plataforma rica em conhecimento”.

Carolina, da USP, lembra que “Um foca na sexta” é um espaço pra discutir o jornalismo em um momento em que a mídia cada vez menos fala dela mesma. “Nós, ‘focas’, trazemos novos olhares para velhas questões”, diz. Ela e Thales já publicaram no projeto, que tem atualmente inscrições de 30 alunos de faculdades de vários Estados brasileiros e de fora do País.

Serviço: Um foca na sexta

O quê? O projeto aceita a participação de “focas” que querem escrever textos sobre temas que ajudem na reflexão sobre o jornalismo e que colaborem com o olhar crítico sobre o mercado de trabalho.

Quem? Estudantes de jornalismo e recém-graduados de faculdades brasileiras e estrangeiras.

Quando? Os textos são publicados semanalmente, sempre às sextas-feiras.

Onde? Em umfocanasexta.wordpress.com; “focas” debatem em on.fb.me/19tcyUN.

Por quê? Para gerar uma reflexão crítica sobre a profissão em textos orientados individualmente,

para responder à dificuldade de professores e de editores de avaliar detidamente alunos e estagiários.

Como? As inscrições podem ser feitas gratuitamente aqui.

Sobre Gabriel Toueg

Jornalista e internacionalista, com experiência de mais de 15 anos em impresso, web e rádio, trabalhou durante sete anos (2004-2011) no Oriente Médio como correspondente freelancer para veículos da imprensa brasileira e estrangeira. Ao voltar para São Paulo, no início de 2011, assumiu a editoria de Internacional do portal Estadão.com.br, onde ficou até dezembro de 2012. Desde então, decidiu voltar a atuar como freelancer, escrevendo para uma série de publicações da imprensa local sobre vários assuntos. Desenvolve ainda um projeto cultural e escreve um livro sobre a imigração judaica oriunda de países árabes e muçulmanos entre os anos 1940 e 1970. Faz palestras em faculdades de jornalismo.

[Este release foi produzido por ‘focas’ participantes do projeto Um foca na sexta]

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem