O mundo do trabalho dos jornalistas | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito
Terça-feira, 21 de Agosto de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1000
Menu

MURAL > SEMINÁRIOS NA ECA

O mundo do trabalho dos jornalistas

09/10/2012 na edição 715

A partir do próximo dia 8 de outubro, jornalistas, pesquisadores e estudantes da área de comunicação poderão conhecer os resultados da pesquisa “O perfil do jornalista e os discursos sobre o jornalismo: um estudo das mudanças no mundo do trabalho do jornalista profissional em São Paulo”, realizada pelo Centro de Pesquisa em Comunicação e Trabalho (CPCT), da Universidade de São Paulo (USP), com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Os resultados serão apresentados em um ciclo de seminários que vai contar com a presença de reconhecidos profissionais e pesquisadores da área, onde serão discutidas a nova realidade profissional, a reorganização do trabalho frente às novas tecnologias e à precarização e as diferenças geracionais, entre outros importantes aspectos identificados entre os anos de 2009 e 2012, período em que foi realizada a pesquisa.

Roseli Figaro, coordenadora do Centro, explica que “a pesquisa permitiu observar que há grande diferença geracional, os mais jovens são multiplataforma, majoritariamente mulheres, brancas, com vínculos empregatícios precários e trabalham para diferentes clientes. A maioria recebe até 6 mil reais e trabalha de sete a 10 horas por dia, em ritmo acelerado. Além disso, a contraposição jornalista-assessor de imprensa parece cada vez mais artificial, visto que hoje nenhuma redação consegue trabalhar sem as assessorias de comunicação”.

Informações gerais

A combinação de métodos quantitativos e qualitativos empregada na pesquisa tem como aspecto importante a consideração do ponto de vista do profissional sobre a sua atividade de trabalho. “A pesquisa realizou o estudo proposto a partir do binômio comunicação e trabalho, o qual mobiliza o ponto de vista da atividade humana (ergológica) para entender as práticas profissionais no contexto da fusão de mídias e de relações de trabalho cada vez mais precárias”, esclareceu a coordenadora.

O primeiro seminário do ciclo será realizado no dia 8/10 (segunda-feira) no Centro Universitário Maria Antonia USP, localizado na Rua Maria Antonia, 258 e 294, Vila Buarque, São Paulo. O convidado para o debate é o jornalista Luciano Martins Costa, colunista do Observatório da Imprensa que já trabalhou nos principais jornais e revistas de São Paulo. Já nos dias 18 e 24 de outubro, o seminário acontece na Escola de Comunicações e Artes da USP, no campus da capital. Participam dos debates os professores Rogério Christofoletti e Jacques Mick. Nos três dias o evento contará com a presença dos professores Maria Aparecida Baccega (vice-coordenadora do CPCT, ECA/USP e ESPM) e José Coelho Sobrinho (ECA/USP).

Seminário “O Mundo do Trabalho dos Jornalistas”: Luciano Martins Costa: 8/10 (segunda-feira), a partir das 19 horas, no Centro Universitário Maria Antonia USP (Rua Maria Antonia, 258 e 294, Vila Buarque), SP; Rogério Christofoletti: 18/10 (quinta-feira), a partir das 19 horas, na ECA/USP – Auditório Lupe Cotrim (Av.Prof. Lucio Martins Rodrigues, 443, 2ºandar); Jacques Mick: 23/10 (terça-feira), a partir das 19 horas, na ECA/USP – Auditório Lupe Cotrim (Av.Prof. Lucio Martins Rodrigues, 443, 2ºandar).

Inscrições: grátis. Enviar e-mail para comunicacaoetrabalho@gmail.com com nome completo, contato e instituição/vínculo até a véspera do evento. Contato: Julio Arantes – PPGCOM USP – cel. (11) 8344-8269

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem