Domingo, 16 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

MURAL >

Pós em jornalismo científico

04/01/2005 na edição 310

O Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), abre nesta terça-feira (4/1) as inscrições para o curso de pós-graduação lato sensu em jornalismo científico.


O curso é oferecido pelo Labjor desde 1999, em parceria com o Departamento de Política Científica e Tecnológica, do Instituto de Geociências, e com o Departamento de Multimeios, do Instituto de Artes, ambos da Unicamp. Tem duração de três semestres e destina-se à formação de jornalistas científicos, divulgadores de ciência e assessores de comunicação de universidades e centros de pesquisa.


O curso é gratuito e tem duração de três semestres, com aulas às segundas-feiras em período integral. O processo seletivo é composto por análise de texto e de currículo, numa primeira fase, e de prova escrita, prova de proficiência em inglês e entrevista, na segunda fase.


De acordo com os organizadores, o objetivo do curso é capacitar jornalistas profissionais e cientistas para a divulgação científica, com a intenção de tornar público o debate sobre ciência e tecnologia e reduzir a distância entre o conhecimento científico e o cotidiano das pessoas.


Para o cientista, trata-se de uma oportunidade de obter uma formação voltada para a divulgação de pesquisas, que os cursos de graduação não contemplam. Para o jornalista, o curso pode contribuir para uma melhor compreensão do processo de produção da ciência, bem como da política científica nacional.


Além das disciplinas, os alunos participam de seminários e palestras com destacados jornalistas e pesquisadores que se dedicam à divulgação científica. Outras atividades oferecidas são as oficinas de jornalismo científico e de multimeios, que possibilitam o contato dos alunos com exercícios práticos de divulgação nas diversas mídias.


Como parte integrante do curso, os alunos são incentivados a elaborar reportagens e artigos, publicados em veículos impressos e eletrônicos, como as revistas Ciência e Cultura e ComCiência. Também têm a oportunidade de desenvolver projetos de divulgação científica com a bolsa do Programa José Reis de Incentivo ao Jornalismo Científico (MídiaCiência), da Fapesp.


O curso teve, em sua primeira edição, uma procura de 145 candidatos para 30 vagas, distribuídos equilibradamente entre jornalistas e cientistas, o mesmo acontecendo na oferta do curso para a sua segunda turma, em 2001, quando se inscreveram 214 candidatos e foram admitidos 46 selecionados. Já para a terceira turma, em 2003, inscreveram-se 229 candidatos, dos quais foram selecionados 119 para uma segunda fase. Desses, 47 foram escolhidos para compor a turma atual.


Por meio de suas atividades de pós-graduação, pesquisa, extensão e consultoria, o Labjor forma recursos humanos em jornalismo científico, serve como fórum de debates jornalísticos, cria instrumentos para o acompanhamento das mudanças na mídia impressa e eletrônica, estabelece intercâmbio entre a universidade e empresas, pesquisa e identifica questões relativas ao jornalismo científico.


Calendário do processo seletivo do curso de pós-graduação lato sensu em jornalismo científico 2005/2006


Fase I:


4 a 31/1/2005: Inscrição dos candidatos.


14/2/2005: Envio dos trabalhos para a comissão de avaliação


25/2/2005: Recebimento dos trabalhos avaliados pela comissão


26/02/2005: Reunião da comissão e convocação dos selecionados para a fase II do processo seletivo


Fase II:


1/3/2005: Prova escrita de redação e prova de proficiência em inglês


3/3/2005 e 4/3/2005: Entrevista com os candidatos


7/3/2005 : Reunião da comissão e divulgação dos aprovados no processo


14/3/2005: Início das aulas


Mais informações: (www.labjor.unicamp.br)

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem