Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº974

NETBANCA

Documentário: ‘O abraço corporativo’

11/03/2014 na edição 789

"O abraço corporativo", documentário do jornalista Ricardo Kauffman, não é recente (foi lançado em 2010), mas merece ser visto por todos os profissionais de comunicação – e agora está disponível gratuitamente online.

O filme de 75 minutos é uma crítica contundente sobre a maneira confusa com que as notícias têm sido produzidas.

A narrativa tem como pano de fundo a história de Ary Itnem, um consultor de RH adepto da "teoria do abraço" (ela se baseia no conceito de que distribuição de abraços melhora a comunicação entre as pessoas e, por sua vez, soluciona uma série de problemas pessoais e profissionais).

Itnem ficou famoso em 2006, quando desfilou pedindo abraços em plena Avenida Paulista, filmou seu feito e divulgou o resultado no YouTube. Por conta disso, ele concedeu uma série de entrevistas sobre sua teoria do abraço a praticamente todos os grandes veículos nacionais e a jornalistas renomados como Heródoto Barbeiro (CBN) e Gilberto Dimenstein (Folha de S. Paulo).

Itnem seria só mais um personagem pitoresco divulgando suas ideias de autoajuda, não fosse por um detalhe: ele nunca existiu. “Ary Itnem” era apenas um personagem – interpretado pelo ator Leonardo Camillo – para mostrar como os veículos de comunicação têm consumido tudo que lhes é oferecido, sem se preocupar com boas apurações (Inclusive, o nome de Itnem lido ao contrário forma a palavra “mentiyra”) . Uma curiosidade: dentre todos os jornalistas “enganados” pela pegadinha, apenas Heródoto Barbeiro se dispôs a dar seu depoimento no filme, admitindo sua falha.

Uma aula de jornalismo. Vale a pena conferir.

Leia mais:

O abraço corporativo

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem