Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

CPI DO FUTEBOL (CBF E A MÍDIA)

A verdade fora dos gramados

Por Alberto Dines em 11/12/2001 | Programa número 180 | comentários

Bem-vindos ao Observatório da Imprensa.

Você pode não ser um grande torcedor ou torcedora de futebol mas certamente você soube do placar da CPI do Senado sobre o futebol. A impunidade levou uma goleada com 17 cartolas implicados nominalmente. E o jornalismo esportivo como é que se saiu – ficou no banco de reserva? Foi rebaixado para outra divisão? Você é que sabe.


Mas se a mídia como instituição tivesse se engajado desde o início – há 20 anos – na cruzada pela moralização do futebol as coisas não teriam chegado a este ponto. Por outro lado, muitos jornalistas esportivos alegam que seus leitores, ouvintes e telespectadores querem que eles cuidem do que se passa no gramado. Mas é preciso não esquecer que quando se resolve ir a fundo e se investiga as razões do que se passa em campo chega-se fatalmente ao que se passa nos bastidores.


A melhor prova disso está no fato de que o vexame nos gramados da França em 98 funcionou como o grande catalizador e a grande alavanca para o início das denúncias e investigações que culminaram com duas CPIs, uma delas agora encerrada com resultados tão impressionantes.


Todo jornalismo é investigativo, todas as páginas dos jornais devem obedecer aos mesmos critérios e os mesmos compromissos da missão jornalistica. Pode-se acompanhar a bola rolando no gramado e ao mesmo tempo buscar a verdade longe dele. Não são funções excludentes. Mas quando se faz um jornalismo pela metade, de olho na bola, alguém pisou na bola.


Assista ao compacto desse programa em:
www.tvebrasil.com.br/observatorio/videos.htm

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 815 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem