Sábado, 16 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

ENTREVISTA COM NATALIA VIANA

Agência Pública, reportagem e jornalismo investigativo

Por Alberto Dines em 05/03/2013 | Programa número 662 | comentários

[Programa exibido em 23/10/2012]

Bem-vindos ao Observatório da Imprensa, agora em horário nobre. Esqueça as novelas, o que oferecemos a você não está nos telejornais da noite.

O mundo jornalístico está há uma década envolvido numa discussão sobre o futuro da sua plataforma mais conhecida: o papel impresso. Quanto mais encolhe o negócio de jornais e revistas, menos se fala nas deficiências do seu conteúdo. Quanto mais se louvam as novas tecnologias e os avanços espetaculares das redes sociais, menos se fala na necessidade de devolver ao jornalismo sua função elementar como serviço público, poder e contrapoder, agente de inovações e fiscal.

Na edição de hoje, o Observatório prossegue na missão de identificar iniciativas jornalísticas inovadoras. Uma delas é a agência de jornalismo investigativo Pública, um projeto que só poderia ser plenamente realizado no terceiro setor. Nas mãos da iniciativa privada ou do governo perderia sua independência e legitimidade.

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 815 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem