Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

BRIZOLA E A MÍDIA

Artimanhas da comunicação

Por Alberto Dines em 29/06/2004 | Programa número 291 | comentários

Bem-vindos ao Observatório da Imprensa.


A morte de Leonel Brizola teve grande destaque na semana passada. No farto material publicado pela imprensa ficou faltando um dado relevante – sua relação com a própria imprensa. Relação conflituada, trepidante.


Brizola foi o político brasileiro que melhor soube tirar partido dos meios de comunicação na segunda metade do século passado. Carlos Lacerda não conta porque além de político era um grande jornalista e comunicador.


Sem que isso signifique um endosso às suas posições nos enfrentamentos com a mídia, é imperioso reconhecer que Brizola foi o único político brasileiro com coragem para encarar e confrontar o poder da grande imprensa.


O caso Proconsult é emblemático, independente das avaliações que se façam sobre o assunto.


Apesar das suas contradições e ziguezagues, Brizola foi rigorosamente coerente quando assumiu que a última palavra não deveria ser obrigatoriamente a dos donos da palavra, a imprensa. Fez-se ouvir. Como e quando queria.


Assista ao compacto desse programa em:
www.tvebrasil.com.br/observatorio/videos.htm

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 815 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem