Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

GRAMPOS (CASO JUIZ NICOLAU)

Barbosa Lima Sobrinho

Por Alberto Dines em 18/07/2000 | Programa número 111 | comentários

Bem-vindos ao Observatório da Imprensa.

Este programa é dedicado à memória do patrono do moderno jornalismo brasileiro, dr. Barbosa Lima Sobrinho falecido no domingo passado. O lugar do dr. Barbosa jamais será ocupado mas o que ele disse em janeiro de 99 aqui nesta TVE deve servir de bandeira a todos os jornalistas: ‘Se me arrependo de alguma coisa foi de não ter tomado parte em todas as lutas que apareceram em meu tempo.’


A nossa luta de hoje tem a ver com gravações telefônicas. Você sabe o que é um grampo. É a gravação clandestina de uma conversa telefônica. Seu uso pela imprensa é discutível. Mas na quinta-feira passada o país foi sacudido pela edição antecipada de isto é com a transcrição de uma fita em que o juiz Nicolau dos Santos ou alguém que se fazia passar por ele fazia pesadas acusações a diversas figuras públicas.


Você será convocado hoje para discutir a diferença entre dois tipos de fitas. O grampo é uma conversa espontânea onde interlocutores sem saber que estão sendo espionados fazem revelações sensacionais. É diferente de uma entrevista produzida para divulgar acusações. O grampo contém uma conversa espontânea, a fita que abalou o país tinha toda a aparência de uma conversa armada.


A este Observatório não interessa discutir o teor do que foi denunciado, interessa discutir o método. Porque, em última análise, o jornalismo é um conjunto de métodos e meios que jamais podem comprometer os fins.


Assista ao compacto desse programa em:
www.tvebrasil.com.br/observatorio/videos.htm

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 815 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem