Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

SEQÜESTRO WELLINGTON CAMARGO * PREVISÕES METEOROLÓGICAS

Competição jornalística

Por Alberto Dines em 23/03/1999 | Programa número 047 | comentários

O número de jornais impressos vêm diminuindo em todo o mundo. Por isso, no momento em que na maior cidade brasileira é lançado um novo jornal, só podemos nos alegrar. Mas será que devemos nos alegrar mesmo? Veja por exemplo este comercial:

Qual é exatamente o produto que está sendo lançado? Panelas importadas ou um novo jornal para defender os interesses da população de baixa renda?


Mas o pior é que este não é o primeiro caso de lançamento de um veículo popular atrelado a um concurso de panelas. A moda começou aqui, no Rio de Janeiro, há menos de um ano quando foi lançado o Extra do Grupo Globo. Acontece que o jornal lançado ontem nas bancas, o Agora São Paulo, é do Grupo Folha, adversário encarniçado do Grupo Globo.


Este o grande problema. Os grupos jornalísticos se enfrentam e se digladiam em matéria política mas comportam-se de maneira idêntica perante o público. Agem dentro dos mesmos princípios. Com o mesmo desprezo pelos seus compromissos sociais.


A competição jornalística no Brasil não está criando diversidade, nem alternativas. Ao invés de estabelecer novos padrões, reforçam-se as experiências anteriores. Não porque são boas mas porque deram certo.


Esse marketing de resultados está criando um jornalismo descartável. E se o processo avança como promete, breve o quarto poder será representado não por uma pena ou um teclado mas por uma bateria de panelas. Então será difícil mudar sua imagem.


Assista ao compacto desse programa em:
www.tvebrasil.com.br/observatorio/videos.htm

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 815 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem