Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

20 ANOS DE DEMOCRACIA

Crises no Governo

Por Alberto Dines em 22/03/2005 | Programa número 319 | comentários


Bem-vindos ao Observatório da Imprensa.


As manchetes dos jornais de hoje trataram do ultimato que o presidente da Câmara deu ao presidente da República: ou nomeava o seu afilhado como ministro das Comunicações ou ele passaria para a oposição. Ninguém lembrou-se de revelar absurdo maior: se o ex-quase ministro Ciro Nogueira fosse efetivamente nomeado, o Governo estaria cometendo uma flagrante ilegalidade já que a família do deputado é dona de duas rádios no Piauí o que caracteriza um conflito de interesses. A reforma ministerial parece que foi abortada mas deixou a impressão que nem o Governo nem a mídia e muito menos o Congresso estão atentos para estas pequenas infrações. Tanto que o próprio Severino Cavalcanti tem a concessão de uma rádio em Pernambuco e ninguém reclama.



Nestas duas décadas da redemocratização muita coisa mudou na imprensa brasileira. Em 1985 ela saiu da censura e da auto-censura do regime militar bastante atenta e bastante diversificada. Foi protagonista dos mais importantes episódios mas aos poucos foram se atenuando os seus compromissos com a democracia. Começou a ficar visível que os interesses da indústria da comunicação nem sempre coincidem com o interesse público. A imprensa hoje está mais preocupada com a sua sobrevivência econômica e empresarial e menos com o seu aperfeiçoamento institucional. E quem paga é a democracia. O fenômeno Severino não teria acontecido se tivéssemos uma cobertura legislativa mais eficaz e mais vigilante. Se tivéssemos uma imprensa efetivamente nacional não teríamos tantas surpresas, se a mídia acompanhasse com mais rigor a distribuição de concessões de rádio e tv pela Câmara não teríamos 30 ou 40% dos nossos congressistas transformados em empresários de comunicação. O surpreendente ultimato do presidente da Câmara ao presidente da República é muito mais do que uma crise política. É uma crise institucional que a imprensa por conveniência teima em ignorar.


Assista ao compacto desse programa em:
www.tvebrasil.com.br/observatorio/videos.htm

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 815 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem