Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

Futebol e mídia na marca do pênalti

Por Alberto Dines em 08/09/2009 | comentários

Bem-vindos ao Observatório da Imprensa.

 

Futebol é paixão ou é negócio? O ideal seria que fosse as duas coisas. Desde as origens do rude esporte bretão no nosso país, o amadorismo dá o tom. Os clubes cresceram, construíram estádios, aperfeiçoaram campeonatos e ganharam milhões de torcedores e, mesmo assim, estamos anos luz atrás dos coirmãos europeus. O resultado se vê dentro das quatro linhas: os maiores craques do planeta jogam no velho continente.

Pela tv a cabo chegam, até aqui, os principais campeonatos de lá. E até torneios menos concorridos, como o campeonato russo, já ganham espaço.

O resultado desta globalização da bola, pode ser claramente visto nas ruas das grandes cidades brasileiras.

Camisas do Milan, do Barcelona ou do Manchester United são quase tão comuns quanto as do Flamengo, São Paulo ou Cruzeiro. Se há tanto dinheiro por lá, por que tantos clubes brasileiros estão com o pires na mão? Qual a explicação para um produto como o Flamengo, com mais de 50 milhões de consumidores, dar prejuízo? Está na hora de repensar o futebol brasileiro. Alguns tabus precisam ser derrubados. se não for a mídia, quem o fará?

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 815 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem