Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

PRÉ-JULGAMENTO (IBSEN PINHEIRO)

Linchamento moral

Por Alberto Dines em 16/05/2000 | Programa número 102 | comentários

Bem-vindos ao Observatório da Imprensa.

Você acha que a imprensa é tribunal? Você acha que jornalista é juiz? E o editor é, por acaso, desembargador? Claro que não são. No entanto a imprensa julga e condena. Muitas vezes pré-julga e executa através do linchamento moral.


Hoje este Observatório vai trazer um caso dramático acontecido há seis anos quando a imprensa depois de ter derrubado o presidente Collor de Mello resolveu investir contra aquele que o tinha derrubado.


O caçador de Collor, deputado Ibsen Pinheiro, presidente da Câmara, foi caçado pela mídia e em seguida cassado (com dois esses) pelos seus pares na esteira da CPI do orçamento. Agora, o Supremo Tribunal Federal, por unanimidade, arquivou a ação penal movida contra Ibsen Pinheiro.


Pergunto a você: a sentença do Supremo conseguirá remover tudo o que se disse com letras garrafais contra o deputado? A imprensa vai lutar para que a Câmara devolva o mandato ao seu ex-presidente? Quem pagará pelas humilhações impostas ao longo destes seis anos?


Ao lembrar o caso de Ibsen Pinheiro não estamos inocentando outros parlamentares já condenados ou em vias de condenação. Nunca é demais lembrar que não somos juízes, este programa não é um tribunal, não queremos fazer aqui aquilo que condenamos. Estamos aqui para discutir, rever e fazer pensar.


Assista ao compacto desse programa em:
www.tvebrasil.com.br/observatorio/videos.htm

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 815 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem