Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

JORNALISMO FEMININO

Machismo na mídia

Por Alberto Dines em 09/03/1999 | Programa número 045 | comentários

A mulher esteve muito presente nas primeiras páginas dos jornais, nas capas das revistas e nos programas de Tv.

Parecia que enfim chegamos ao paraíso do equilíbrio entre os sexos. A explicação é simples: ontem, segunda, foi o Dia Internacional da Mulher.


Mas hoje, terça, a mulher foi expulsa do noticiário. Voltou aos cadernos femininos. O problema das efemérides é que depois da festa volta tudo ao que era.


No próximo domingo ou sábado à noite, para atrair a leitora e telespectadora, os jornais e telejornais voltarão a apresentar aquilo que pensam ser o chamariz para atrair o público feminino – gente famosa, milagres médicos, trivialidades e abobrinhas. Essa é uma distorção que começa na mídia e termina no cotidiano da nossa sociedade: a mulher-leitora ou telespectadora ainda é vista como incapaz de se interessar pelos assuntos ditos sérios que interessam aos homens.


Nesse Dia Internacional da Mulher ficou evidente também que os homens continuam na Idade Média – só se interessam por certas mulheres, certos ângulos de certas mulheres. Ou pelo que certas mulheres têm a contar sobre o que fizeram com certos homens.


Apesar de alguns avanços dentro das redações onde as mulheres hoje desempenham papel destacado, a mídia ainda é basicamente machista.


Assista ao compacto desse programa em:
www.tvebrasil.com.br/observatorio/videos.htm

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 815 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem