Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

RACIONAMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA (APAGÃO)

Mídia e mobilização

Por Alberto Dines em 15/05/2001 | Programa número 151 | comentários

Bem-vindos ao Observatório da Imprensa.


Você prefere o apagão ou a multa para quem ultrapassar sua quota? Você prefere ir à igreja pedir ajuda a São Pedro ou espera que cada um cumpra com o seu dever e corte voluntariamente 20% no seu consumo?


A esta altura não adianta discutir quem é o culpado pela crise energética porque há muitos culpados, sobretudo da parte do Governo. interessa agora discutir qual a saída para a emergência.


Se tivesse ocorrido um acidente numa barragem como aconteceu no Rio em 1966 teríamos que fazer o mesmo: discutir soluções imediatas. E as soluções para o nosso caso agora são duas, como sempre conflitantes: o castigo no escuro do apagão ou a cruzada voluntária para mostrar que a sociedade brasileira sabe e quer participar daquilo que lhe interessa.


Se rejeitamos o apagão e optamos pelo esforço coletivo quem se encarregará da mobilização? Quem será o arauto desta convocação para a economia de energia? Aqui entra a imprensa, a mídia, sobretudo a eletrônica. Se houver apagões a indústria mais penalizada será a indústria da informação. A razão é simples: o produto informativo tem hora para ser entregue, não pode ser atrasado um minuto. Com apagões ao longo do dia, a indústria da informação pode sofrer danos irreparáveis.


Sendo assim, qual a sua contrapartida, o que pode oferecer à comunidade? Está a mídia disposta a oferecer tempo, espaço e, sobretudo, empenho para uma convocação nacional pelo corte voluntário do consumo?


Por exemplo: a mídia teria condições de convencer o povo e os Cartolas de que os jogos noturnos representam um enorme desperdício de energia? Na verdade, o que está em questão agora, além da crise energética, é a nossa disposição para o engajamento em causas coletivas.


Toda crise traz desafios e oportunidades. A de agora pode exibir nosso estágio de maturidade mostrando que além de votar sabemos participar e assumir responsabilidades pelo bem estar coletivo. Está na hora de desligar aparelhos mas também de acender o espírito de mutirão. Quem pode conectar o país nesta empreitada é a mídia. Este teste vale a pena acompanhar.


Assista ao compacto desse programa em:
www.tvebrasil.com.br/observatorio/videos.htm

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 815 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem