Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

Nada será como antes

Por Alberto Dines em 29/09/2009 | comentários

Bem-vindos ao Observatório da Imprensa.

Quem o designou como circo foram os seus próprios criadores e não os críticos. O automobilismo era uma competição entre arrojados pilotos e as fabulosas máquinas que desenvolviam, até que a invasão das escuderias, das fábricas, das petroleiras e principalmente da mídia transformasse tudo num imenso espetáculo global. E como sempre acontece com os espetáculos o negócio passou a ser mais importante do que o seu enredo.

A mídia é uma espécie de varinha mágica: magnifica tudo, glamoriza tudo e não poucas vezes corrompe o que ela própria criou.

O pseudo-acidente provocado por Nelsinho Piquet em Cingapura não foi a primeira infração. Foi a mais recente e, porque poderia ter resultado numa tragédia, foi a de maior repercussão.

A mídia finalmente encarou o perigoso negócio ao qual ela oferecia não apenas o seu tempo e o seu espaço, mas sobretudo a sua credibilidade.

O charmoso circo de repente ganhou o penoso sufixo herdado de Watergate e virou sinônimo de escândalo: Cingapura-gate, Briatore-gate ou Renault-gate.

Nada será como antes nos autódromos. E quem vai fazer a diferença será a imprensa. Se fingir que nada aconteceu, que não é com ela, o próprio circo da mídia pegará fogo.

 

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 815 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem