Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1008
Menu

O primado da marquetagem eleitoral

Por Alberto Dines em 19/10/2010 | comentários

Bem-vindos ao Observatório da Imprensa.

Os analistas disseram antes e depois do primeiro turno que o marketing político foi o responsável pela secundarização do confronto de idéias e a carência de uma discussão sobre propostas.

Agora cria-se um factóide: a questão do aborto foi determinante para a queda da candidata Dilma Roussef. É uma falsa questão, Dilma, Serra e Marina tinham posições bastante parecidas. O que poderia produzir um debate inflamado seria a questão do Estado laico e a anulação da concordata com o Vaticano. E isso evidentemente está no plano imaginário.

A ascensão do marketing é um capítulo fascinante da nossa história política e o tema de um documentário de longa metragem dirigido por Alessandra Aldé e Vicente Ferraz com o título muito significativo: "Arquitetos do Poder".

Vamos apresentar trechos do filme que serão debatidos pela própria Alessandra – o co-diretor está no exterior – e pelo historiador Orlando de Barros.

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 815 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem