Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

PRIMEIRAS EDIçõES > TELETIPO

30 anos de Ms.

Por lgarcia em 03/04/2002 na edição 166

TELETIPO

A revista Ms., bandeira do movimento feminista americano, decidiu comemorar o trigésimo aniversário com uma de suas fundadoras na capa, a sexagenária Gloria Steinem. A edição traz artigos dos primeiros anos da publicação, sobre assuntos como masturbação e consciência feminista, e um relatório atual sobre a condição das mulheres afegãs, preparado pela Feminist Majority Foundation, que comprou a Ms. em novembro último. A fundação planeja torná-la um empreendimento sem fins lucrativos, que só aceitará patrocinadores que façam parte do movimento. Para Steinem, abrir mão de anúncios não vai arruinar a revista, que começou a ser lucrativa depois desta decisão. "A indústria transformou as revistas femininas em catálogos que deveriam ser distribuídos de graça. Nada a não ser produtos! Em termos comparativos, Ms. tem sido bem sucedida e pode ter um pequeno lucro."

Uma análise da programação de TV americana mostrou que houve declínio na exibição de conteúdo sexual e violento nos últimos anos. Segundo Megan Garvey [Los Angeles Times, 21/3/02], pesquisa da Center for Media and Public Affairs apurou queda de 29% de conteúdo sexual e de 17% de cenas de violência no período de 2000-01, comparado aos anos 1998-99. A descoberta atraiu a atenção de parlamentares que criticam a indústria cinematográfica, como o democrata Joseph Lieberman. A programação família é resultado de uma intensa pressão política sobre Hollywood para proteger crianças de imagens violentas e vulgares. Ainda assim, o estudo aponta que filmes de longa metragem não apresentaram mudanças.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem