Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

PRIMEIRAS EDIçõES > FORÚM

O observador do Observatório tem razão – na forma, não na essência

Por Alberto Dines em 05/09/1996 na edição 5

O advogado Gilberto Guimarães, de Belém do Pará, tem razão, no tocante ao uso indevido da palavra "governamental" (está na nossa edição de 20 de Agosto). A CBF não é um órgão do governo, mas é uma entidade pública, mantida com a arrecadação dos jogos. O salário do técnico Zagallo não vem do orçamento federal, mas da parte que o governo abre mão na renda dos espetáculos desportivos.

A diferença não invalida a crítica quanto ao seu desempenho ético. O técnico de uma seleção nacional não pode vender a uma publicação a exclusividade das suas manifestações.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem