Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

PRIMEIRAS EDIçõES > INTERNET NA EUROPA

A mídia tradicional que se cuide

Por lgarcia em 09/12/2003 na edição 254

INTERNET NA EUROPA

Uma pesquisa da Millward Brown for the European Interactive Advertising Association revelou que a internet está superando a mídia tradicional, com europeus gastando mais tempo surfando na rede do que folheando revistas. Segundo o estudo, divulgado em reportagem de Claire Cozens [The Guardian, 1o/12/03], a explosão de sítios de notícias e entretenimento, combinada a um declínio na leitura diária de jornais, fizeram com que a internet atingisse 10% do consumo de mídia na Europa. As revistas somam apenas 8%. Até os jornais estão quase emparelhados com a internet, contabilizando 13% do tempo gasto com mídia.

Apesar de a TV continuar sendo, de longe, o meio mais usado, com 41% do tempo do consumidor de mídia, 45% dos entrevistados disseram que a internet fez com que assistissem a menos TV. Rádio obteve a marca de 28%.

Nigel Morris, presidente da Carat Interactive, especializada em compras de mídia, disse que o estudo quantifica suas "primeiras convicções de que mais pessoas estão usando a internet mais freqüentemente às custas de outra mídia". "Apesar disso", afirma, "gastos com anúncios na internet representam apenas 1,5% do total na Europa".

Um em cada três usuários de internet na Europa acessam a rede todos os dias, de acordo com a pesquisa. Reino Unido e Alemanha continuam sendo os países de maior concentração de internautas, com 49% e 47% da população conectada, respectivamente. França e Espanha vêm em seguida.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem