Quarta-feira, 24 de Julho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1047
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES >

A mira que a mídia idolatra

Por lgarcia em 05/04/1998 na edição 42


TT Catalão

 

M

eninos não fabricam armas, não compram munição, nem produzem espetáculos celebradores do fetiche-violência. Meninos dão audiência e fazem sucessos de tiragem ao consumirem o que a mídia idolatra.

Meninos lidam com balas que provocam cáries, não cadáveres.

Meninos não pedem ao Papai Noel o novo modelo da Colt.

Meninos não percebem que antes de apertar o gatilho tanta gente reforçou que o cano fumegante da pistola é como um pau grande dominando o mundo pela supremacia do esperma macho. Meninos não veriam cor da pele, classe, raça, crença, beleza, feiúra, fraqueza, força, tesão, sadismo se alguns não os escravizassem, tão cedo, aos segmentos de mercado.

Meninos não nascem com a vingança no sangue nem a submissão do mais fraco destila-se pelo DNA.

Meninos não seriam assim ou nunca foram assim. A não ser que alguns meninos tornem-se adultos precoces… quando são adulterados.

QUEM

ATIRA

TEM ANTES

QUEM LHE

APONTE

A MIRA

Ou a sociedade luta antes,

ou se lamenta hipócrita,

no LUTO depois!!!

TT CATALÃO para os observadores da consciência

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem