Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

PRIMEIRAS EDIçõES >   NASSIF NA TV CULTURA

Adriana Del Ré

Por lgarcia em 24/07/2002 na edição 182

O PODER DA TV

"O poder da TV brasileira em debate", copyright Folha de S. Paulo, 17/07/02

"O poder de influência da telinha no dia-a-dia dos brasileiros é mote para o livro A Vida com a TV – O Poder da Televisão no Cotidiano, que será lançado hoje, às 19 horas, na Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos. No local, será realizado também debate sobre o assunto, aberto ao público e conduzido pelo jornalista Luiz Costa Pereira Junior, organizador do livro, e por Renato Janine Ribeiro, professor titular de Ética e Filosofia Política da USP.

Na obra, o leitor encontra artigos e reportagens publicados no Estado entre 1999 e 2001 de autoria de 15 jornalistas especializados na área cultural e de televisão. É uma reunião de textos que enfocam e discutem a TV sob os mais diferentes ângulos, que no livro foram subdivididos em temas: A Vida com a TV, A Alma do Negócio, A Vida É uma Novela, Memórias da Televisão e outros.

Histórias reais reforçam a tese do poderio televisivo sobre o público, como o caso de uma família pobre que não tinha geladeira em casa, mas o aparelho de TV era sagrado. Não poderia faltar.

Vida com a TV não tem a pretensão de seguir o coro daqueles que defendem arduamente os supostos malefícios causados pela televisão. ?As reportagens, em momento nenhum, criticam a TV?, afirma Luiz Costa. ?Ao contrário, nós respeitamos o veículo como entretenimento, apesar de ele apresentar características que se tornaram problemas, uma vez que não exige a mobilidade e a alfabetização do telespectador.?

Segundo ele, não dá para ignorar o poder da televisão, por isso a necessidade de um livro do gênero. ?Se a TV determina que horas as pessoas vão dormir ou o que elas vão comer, é um peso que não pode ser desprezado.?

Os textos compilados no livro foram pinçados entre uma série de reportagens, que pretendiam (e continuam a) incitar o público a refletir sobre a própria televisão. Tirá-las de sua passividade. Para Luiz, esta é uma das funções primordiais do jornalismo especializado na área. Fazer refletir."

 

NASSIF NA TV CULTURA

"Novos ares na TV Cultura com Luís Nassif", copyright Comunique-se (www.comunique-se.com.br), 19/7/02

"Estréia em setembro o novo programa de Luís Nassif na TV Cultura. O jornalista, que até agora comandava ?Dinheiro Vivo?, na TV Gazeta, vai passar todo o mês de agosto elaborando o perfil do novo programa, substituto de ?Conversa Afiada?, de Paulo Henrique Amorim.

Nassif quer estar à frente de uma nova proposta de jornalismo econômico feito para televisão. Ele disse a Comunique-se assuntos relativos à macroeconomia estão sendo supervalorizados pelos programas especializados.

?Precisamos abordar fatos relevantes para o país, como a questão de políticas públicas?, diz o jornalista, que não pretende se desfazer da equipe existente hoje está na TV Cultura. ?Vamos somar as duas estruturas. O trabalho será em cima da mudança conceitual?. Nassif permanece na TV Gazeta até o fim de julho.

Amorim, que até o início da semana tinha sua entrada na Record praticamente garantida, suspendeu as negociações com a emissora. A causa é o personagem Onório, sugrido pelo jornalista. A idéia era fazer com que o boneco animado aparecesse durante a grade de programação da Record. Segundo a emissora, o projeto é comercialmente inviável. Isso não significa que as negociações tenham acabado."

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem